Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


TERREMOTO NOS EUA FOI UM ATAQUE NUCLEAR?

Quinta-feira, 25.08.11




 

Um ataque nuclear de falsa bandeira, ou um conflito político interno?
Segundo a Inteligência Russa, o terremoto que atingiu os EUA ontem, dia 23/08/2011 não foi obra do H.A.A.R.P. Foi um ataque "terrorista" nuclear.



Resumo da Notícia: A agência de inteligência Russa diz que recebeu informações nas últimas 36 horas sobre o evento e afirma que as explosões ocorreram dentro da rede de túneis do complexo militar da CIA que estão sendo construídos desde os anos 60. Os alvos das Bombas Nucleares foram os dois túneis principais da rede que ficam no Colorado e na Virgínia.
Segundo o relatório da agência a primeira bomba foi detonada perto de Trinidad - Colorado com a segunda explosão que ocorreu quase 12 horas depois, perto de Culpeper - Virginia.

 
A grande maioria do povo americano não tem o conhecimento de que a rede de túneis militares construída desde o início da década de 1960 sob o seu país tem um custo estimado de US$ 40 trilhões.

Mapas desses túneis, e as bases subterrâneas associadas a eles, foram compilados ao longo dos anos por muitos pesquisadores independentes, juntamente com listas de suas prováveis localizações.

Diz ainda o relatório, que os túneis atacados estavam sendo utilizados pela CIA como rota de transferência da sua sede em Langley - Vírgínia à sua nova base localizada em DenverColorado.

O objetivo do ataque foi tentar destruir tudo o que a CIA estava transferindo para a nova sede...

Comentário: Desperta tu que dormes Blog [ É interessante notar, que no final da matéria encontra-se uma nota dizendo que a contra-inteligência ocidental descobriu documentos sobre a Terra e sobre eventos catastróficos que estão sendo guardados sobre sigilo e cuja orientação governamental é a de não avisar a população através de suas campanhas de desinformação.]


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 14:50

POLÍTICOS QUEREM MUDAR A INTERNET ANTES QUE ELA MUDE A POLÍTICA

Domingo, 14.08.11

 Contra a ditadura da internet - Discurso do Deputado Elvino Bohn Gass - PT-RS



Transcrição do discurso:

Senhor presidente, senhoras deputadas e senhores deputados e povo do RS!
Hoje ocupo este espaço para deixar um convite a senhoras deputadas e aos senhores deputados, aos  movimentos sociais, as entidades, as organizações e a toda a comunidade do Rio Grande. Convidamos a todos os que realmente defendem e acreditam na liberdade da Internet, que é mais do que uma rede mundial de computadores, é uma rede de pessoas. Estamos convocando a todos para participarem, no dia 25 de maio, às 14 horas, do Ato Contra a ditadura na Internet, o AI-5 Digital que acontecerá no 4º andar na sala Maurício Cardoso da Assembléia Legislativa do RS.
O movimento que estou compondo é contrário ao projeto de lei nº 84/99, do senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), já aprovado no Senado Federal e que agora está para ser aprovado também pela Câmara dos Deputados. Entre outras barbaridades, este projeto criminaliza com muita rigidez o livre uso da Internet que é o meio de comunicação mais democrático já criado pela humanidade. O projeto também abre possibilidades para impedir o direito de uso justo e sem fins lucrativos de obras protegidas pela propriedade intelectual, garantido no artigo 184, parágrafo quarto do Código Penal, e exige que quaisquer provedores de acesso a Internet vigiem todos os dados transmitidos na rede e denunciem suspeitos de praticar crimes, ferindo de morte o direito à privacidade na rede.
Eu e muitos companheiros e companheiras deputados estaduais e federais do Rio Grande do Sul e de São Paulo resolvemos nos unir a entidades representativas da sociedade civil neste ato do dia 25 de maio para clamar pela não aprovação deste projeto, que pode ser votado a qualquer momento no plenário da Câmara Federal, sem um amplo debate com a sociedade brasileira para a construção de uma lei dos direitos civis na Internet.
É preciso compreender que estamos vivendo um momento histórico com profundas mudanças democráticas em nossa sociedade, mudanças estas que estão sendo influenciadas pela Internet. A troca de conhecimentos que a rede permite, cria inúmeras novas possibilidades políticas, sociais, culturais e econômicas, e isso tem se traduzido em avanços nos processos de produção, que estão mais coletivos e mais criativos.
A Internet em si, já é o mais importante avanço tecnológico de nossa sociedade, ela remodifica paradigmas sociais. Reafirmo: não estamos falando apenas de uma rede de computadores, mas de uma rede de pessoas. E esta rede foi desenvolvida com interatividade e colaboração.  E ainda é, em muitos aspectos, um sistema de comunicação democrático, diversificado e plural.
Por isso, entendo que: “não é possível democratizar o Brasil sem democratizar a forma de produzir conteúdos e a comunicação.” E questiono às Senhoras e Senhores: Por que, há tanta pressa em controlar a Internet quando estamos em vias de iniciar o processo de conferências de comunicação decretado pelo Presidente Lula? Por que, antes do projeto, não discutimos este tema nas conferências da comunicação?
Simplesmente porque todas essas  transformações possuem implicações na ação política. Os meios de comunicação tradicionais de massa são centralizados e pouco interativos, e por isso, não possuem o nível de poder que possuíam 10 anos atrás.
Hoje a Internet mudou a realidade da comunicação mundial, e por essa razão, querem tornar crime a troca dos conhecimentos que ela propicia. É isso que querem os bancos, as gravadoras e os meios de comunicações tradicionais que estão a serviço da indústria cultural.
É para reagir a esta tentativa de golpe que surge o movimento pela liberdade na comunicação,  para construir novas sínteses, desenvolver estratégias de ação política que tragam a unidade na diversidade, fomentar praticas participativas, descobrir novos horizontes e possibilidades de luta social.
Somos contra a ditadura na Internet porque queremos contribuir para a oxigenação dos movimentos sociais mais antigos e interagir com a juventude criadora dos novos processos que estão emergindo nos diferentes espaços de contestação da ordem capitalista estabelecida.
Esta luta passa também pela crise mundial que vivemos agora, que mais uma vez repete-se, pela extrema valorização do mercado competitivo onde tudo é uma mercadoria a ser vendida para dar lucros. Esta crise é a da disputa do conhecimento público e livre versus o conhecimento privado. É a disputa do software livre versus o proprietário, é a luta das sementes livres versus as transgênicas que prejudicam o meio ambiente e ameaçam a nossa biodiversidade. É também, a luta da comunicação comunitária/pública versus a comercial, a propriedade intelectual que transforma tudo em mercadoria a ser vendida e a fazer lucrarem as pessoas de sempre.
Entendemos, senhor presidente, senhoras e senhores deputados, que a Internet é uma rede de comunicação aberta e livre, onde podem – e devem - ser criados conteúdos, formatos e tecnologias sem a necessidade de autorização - nem de governos, nem de corporações. E é exatamente por ter democratizado o acesso às informações e assegurado práticas colaborativas importantíssimas para a diversidade cultural, que nós defendemos que a rede mundial de comunicação seja imune a qualquer tentativa de cerceamento e vigilantismo.
Precisamos ter em mente que a Internet reduziu as barreiras de entrada para que nos comuniquemos com liberdade e para que sejamos capazes de disseminar mensagens e difundir conhecimento.
Defendemos também uma legislação que tipifique e estabeleça punições para crimes praticados pela Internet. É importante ressalvar que este projeto não tem qualquer relação com o combate à pedofilia, já que o Congresso Nacional já aprovou legislação neste sentido.
Queremos sim uma legislação que garanta a segurança do usuário contra estes crimes, mas rejeitamos a ampliação da vigilância do Estado. E é isso que queremos debater democraticamente nas conferências de comunicação.
Rejeitamos a banalização da quebra do sigilo das comunicações porque a ampliação da vigilância pelo Estado resulta na bisbilhotagem, na espionagem e em outras formas de invasão da privacidade.
Convocamos a todas e todos que defendem a regulamentação da Internet, mas para combater criminosos e não para retirar a privacidade dos usuários e das usuárias da rede.
Aquelas e aqueles que entendem que a liberdade é um direito humano estarão conosco.
Deputado Elvino Bohn Gass - PT - RS

FONTE:
ENDEREÇOS DO DEPUTADO
_______________________
que há de errado com o Projeto Azeredo?
Uma rápida síntese das críticas que fiz ao Projeto de Lei de Crimes informáticos no debate de sexta-feira com o Sen. Azeredo:
1. Crimes informáticos NÃO são crimes contra a incolumidade pública. Crimes contra a incolumidade pública têm como nota característica a indeterminação do alvo, podendo gerar perigo comum a um número previamente incalculável de pessoas ou coisas não individualmente indeterminadas (Cf. HUNGRIA, v.IX, p.10). São exemplos de crimes contra a incolumidade pública: incêndio (art.250 CP), inundação (art.254 CP), epidemia (art.267 cp), etc. Crimes informáticos são crimes contra a privacidade e devem ser colocados entre os crimes contra a liberdade individual, como por exemplo violação de domicílio (art.150 CP), violação de correspondência (art.151 CP) e divulgação de segredo (art.153 CP).
2. O novo art.285-A proposto pelo projeto Azeredo exige para a tipificação do crime de acesso não autorizado a sistemas computacionais que haja “violação de segurança”, protegendo apenas computadores com “expressa restrição de acesso”, o que NÃO é o caso da maioria dos computadores dos usuários comuns. Se o usuário não manifestar EXPRESSAMENTE sua vedação ao acesso por parte de terceiros (como isso seria feito, não me perguntem…), o crime não existirá.
3. A pena prevista para o acesso não autorizado é de 1 a 3 ANOS de prisão, completamente desproporcional aos demais artigos do Código Penal. Compare-a, por exemplo com a pena da violação de domicílio que é de 1 a 3 MESES. O legislador pune com muito maior rigor a violação de um computador que a violação de um domicílio. Desnecessários maiores comentários.
4. Os arts.285-A, 154-A, 163-A, 339-A trazem um parágrafo único que estabelece um aumento de sexta parte da pena, caso o usuário use nome falso para a prática do crime, o que, por óbvio, inviabilizaria a aplicação da pena mínima já que certamente ninguém será suficientemente tolo a ponto de usar seu nome verdadeiro para a prática de crime.
5. O art.16 define como “dispositivo de comunicação” qualquer meio capaz de processar, armazenar, capturar ou transmitir dados utilizando-se de tecnologias magnéticas, óticas ou qualquer outra tecnologia. São, portanto, dispositivos de comunicação, para o legislador: disco rígido, CD, DVD, pen-drive, etc.  Terrível!
6. O art.21 exige que o o provedor de acesso armazene por 3 anos os dados de endereçamento de origem, hora e data da conexão efetuada, o que, na prática, equivale a inviabilizar completamente a existência de redes wifi abertas, dificultando a inclusão digital e violando a privacidade dos usuários que terão seus dados de conexão à Internet rastreados pelos provedores de acesso, em nítida violação ao art.5º, X, da Constituição da República. Além disso, a medida é ineficaz, pois criminosos experientes poderiam usar técnicas para camuflar seus rastros.
7. A convenção de Budapeste foi criada e pensada na Europa para tutelar os interesses de países ricos que possuem imensa quantidade de produção intelectual protegida pelos direitos autorais. Não há qualquer razão plausível para o Brasil aderir a esta convenção que, por óbvio, não foi encampada por China, Rúsisa, Índia, Argentina e outros países em desenvolvimento.
8. O principal argumento do senador para sustentar a necessidade de aprovação do projeto de lei é o aumento das fraudes bancárias na Internet, o que gera um alto custo para os bancos. Não será vigiando os usuários, porém, que se evitará as fraudes, pois os sistemas de segurança dos bancos são bastante rudimentares e inseguros. Se o problema são as fraudes bancárias, sugeri ao senador que ele propusesse uma lei CIVIL obrigando os bancos a adotarem a assinatura digital como tecnologia de segurança para o acesso a transações bancárias, o que inviabilizaria praticamente 100% das fraudes bancárias de que temos notícia hoje em dia, sem necessidade de qualquer lei penal. Os bancos atualmente não adotam a assinatura digital, pois é mais barato para eles arcarem com os eventuais prejuízos de fraudes de seus clientes do que com os custos da assinatura digital para todos os usuários (claro que, nesta análise econômica, eles desconsideram os transtornos causados aos clientes).
9. Outro argumento do senador em defesa de seu projeto é a “pedofilia na Internet”. Argumentei, no entanto, que o problema da pedofilia não é virtual, mas real e qualquer política séria (e não midiática) de combate a ela deve ser efetivada onde os estupros destas crianças estão ocorrendo. Não se leiloam virgindades de crianças às escondidas, pois evidentemente é necessário o mínimo de publicidade para que os eventuais interessados possam comparecer ao local para dar seus lances. Aliás, basta andar à noite nas ruas das grandes cidades brasileiras, especialmente nas turísticas, para perceber que o combate à pedofilia deve começar nas ruas e não na Internet, pois são lá que as fotos são tiradas. Pedofilia não é um crime informático; é um crime sexual praticado fora da Internet e é lá que ele deve ser combatido.
10 Em síntese, a lei é ineficaz, pois enquanto não for adotada a assinatura digital as fraudes bancárias continuarão acontecendo e enquanto a polícia não for à rua para combater a pedofilia, os estupros de crianças continuarão ocorrendo.  Por outro lado, a lei dificulta a inclusão digital, pois inviabiliza as redes wi-fi abertas e invade a privacidade dos usuários da Internet ao obrigar o armazenamento de seus logs por 3 anos, o que poderia facilmente ser camuflado por um criminoso informático experiente
___________________________

Azeredo usa listas para defender lei. Cidadão argumenta

19/05/2009
Depois da manifestação contra a Lei Azeredo realizada na Assembléia Legislativa de São Paulo na semana passada, assessores do senador Azeredo, e ele próprio, saíram pela mídia e listas de discussão justificando os argumentos da lei proposta.
A lista Televisão Pública (TVC) que tem como participantes militantes pela democracia na comunicação, deputados, senadores e intelectuais do porte de Marilena Chauí, foi uma das primeiras a receber o bombardeio da assessoria do Azeredo.
Takashi Tome, de Campinas (SP) desmontou, durante esta segunda, argumentos como: distinção das penalidades, a negativa do senador de que os dados pessoais não serão guardados e o uso que será feito dos dados por empresas privadas. Veja reprodução abaixo:
Prezado(a) Assessor(a) do Senador Azeredo,
Gostaria de agradecer a atenção dispensada a esta humilde lista, e colocar-lhe algumas perguntas.
Mas antes de mais nada, e para evitar que paire qualquer dúvida, gostaria de esclarecer que sou cidadão honesto, contra o crime, já fui vítima de crimes diversos, etc.

Lendo o projeto de Lei, fico com as seguintes dúvidas:
1) Eu esperaria que qualquer Lei nessa área procurasse estabelecer, antes de mais nada, um ordenamento jurídico, estabelecendo pápéis, direitos e responsabilidades das diversas partes. Entretanto, não é o que se observa: temos apenas uma lista de tipos de infrações e respectivas penalidades, expressas em termos de número de meses ou anos de detenção, por mais relevante que isso seja.
2) A sua afirmação:
4) O que acontece por negligência, imperícia ou imprudência só será crime se estiver expressamente tipificado como “culposo” na lei (parágrafo único do artigo 18 do Código Penal). No Projeto de Lei de Crimes de Informática não há a tipificação de crime “culposo”. Portanto, não existem “milhões de pessoas atingidas pela proposta”, apenas algumas centenas de delinqüentes que usam a informática para praticar seus delitos. Na proposta são considerados crimes apenas os “dolosos”, praticados por quem quis aquele resultado.
é um tanto quanto vaga. Certamente, o código penal estabelece as definições de “culposo” e “doloso”, mas como a PL Azeredo trata isso? No rol de penalidades descritas, em nenhum lugar é feita a distinção, se uma pessoa envia spam, está fazendo de forma culposa ou dolosa. Assim, procede a preocupação da sociedade de que uma pessoa qualquer, ao ter o seu micro infectado por vírus, passe a disseminar spams e seja por conseguinte considerado culpado, com risco de prisão…
Creio que, dado o risco de “acidente”, existe a necessidade de um melhor discernimento, para que os inocentes sejam poupados.

3) No argumento:
6) Tudo correrá em um processo legal, que chegará às mãos de um juiz conhecedor de direito penal. A proposta determina que os provedores guardem apenas dados de conexão – data e hora do início e endereço eletrônico – e que os repassem à autoridade investigatória mediante requisição judicial. NADA NO TEXTO DETERMINA A CRIAÇÃO DE UM CADASTRO DE USUÁRIOS. Ainda: os provedores devem repassar para a autoridade competente apenas as denúncias que tenham recebido (de usuários lesados). O provedor não é um “dedo-duro”, mas um colaborador das investigações, o que é hoje uma prática transnacional.
Existe uma distância entre a intenção e o que pode ocorrer de fato. Em primeiro lugar, existe um detalhe importante sobre quais são as informações armazenadas, que vc não comentou. Conforme o texto do projeto de Lei,
“endereços eletrônicos de origem e destino no transporte dos registros de dados e informações, data e horário de início e término da conexão, incluindo protocolo de internet ou mecanismo de identificação equivalente,…”
Ou seja, se a oirgem/destino e o protocolo é identificado, pode-se inferir um bom volume de conclusões, mesmo sem ter acesso ao conteúdo específico de cada comunicação. É possível sim rastrear o comportamento das pessoas a partir dessas informações.
4) Outra questão importante é que o armazenamento desse conjunto de informações, durante um período de cinco anos, representa um volume absurdo de dados. Qualquer página HTML acesada, hoje em dia, representa umas cinco conexões HTTP. Ou seja, o simples ato de acessar uma página de um sítio significa 5 registros nessa base de dados. Pergunta-se: quem arcará com os custos desse armazenamento?
5) O que garante que esses dados não serão empregados para outra finalidade que não aquela que as autoridades esperam? Alguns anos atrás, por razões de ordem pessoal, eu troquei o número do telefone de minha residencia, e solicitei à telefônica suprimir o meu número da lista, no que fui prontamente atendido. Entretanto, para surpresa minha, após alguns meses, passei a receber novamente ligações de tele-vendedores. Alguma empresa na qual atualizei meus dados cadastrais fez o desplante de vender os meus dados pessoais. Mas qual foi a empresa que fez isso? Como eu posso processar, se não sei quem foi?
Assim, o incomodo – que não sei se chega a ser um crime – existe, e sou vítima. Mas nada na legislação atual, nem nessa PL proposta, nos protege dessa ação de empresas mal intencionadas.

6) Outra questão não abordada refere-se ao problema de empresas de telecomunicações degradarem, intencionalmente, os serviços como o VOIP, pois esses representam concorrencia aos seus serviços de voz. Isso tem ocorrido em alguns países. Ora, se é permitido à operadora identificar o protocolo, o que vai nos garantir que o serviço não será degradado?
Assim, creio que existe, por um lado, um rigor excessivo para um ambiente difuso, onde qualquer pessoa incauta pode ser, de uma para outra, ser classificada como culpada. Repito que não sou contra a coibição à prática dolosa. Mas, dado que o ambiente é difuso, que as coisas não são claras, existe antes a necessidade de estabelecer melhor os aspectos de direitos e responsabilidades de todas as partes, e as formas como pode se discriminar o que é intenção, o que é ação da máquina (sem conhecimento do usuário), o que é ação por descuido ou desconhecimento da técnica, etc. Senão, em vez de contribuirmos para construir a sociedade da informação, estaremos, sim, construindo a sociedade do medo. Como no AI-5.
Takashi Tome
(cidadão brasileiro, apenas preocupado em contribuir para construirmos uma sociedade que seja melhor para todos)
Campinas/SP
____________________

MP3: PL Azeredo e o desserviço à cidadania virtual

http://blogs.estadao.com.br/combate_rock/mp3-pl-azeredo-e-o-desservico-a-cidadania-virtual/

Guilherme Varella*
O PL 84/99 (ou projeto de lei de cibercrimes), cujo substitutivo proposto pelo dep. Eduardo Azeredo (PSDB-MG) tramita em caráter de urgência na Câmara dos Deputados, deve servotado em breve. Trata-se não apenas do debate sobre a criminalização do MP3 – claro que isso também, pois o PL o criminaliza, sim. Porém, mais que isso, estamos debatendo cultura política, cidadania na Internet e acesso à cultura. 
O PL 84/99 tramita há 12 anos no Congresso. 12 anos! Imaginem o que significam 12 anos para a internet. Muito tempo. Uma geração conectada se formou nesse tempo. Nesse tempo, inúmeras vezes a Internet se transformou. É outra, e continua mudando a cada dia.
Não é a mesma do século passado, 1999, quando o projeto foi proposto. No PL Azeredo há uma obsolescência embutida. E uma lei que serve para assegurar direitos na internet tem que ser contemporânea, atual. Enfim, tem que ser do tempo da internet  e não estar a um passo atrás dela, como é o caso do PL de cibercrimes.
E o tempo da internet é o tempo da liberdade, do acesso à cultura, à informação, às redes, à criação colaborativa. De forma segura, sim. Mas também de forma a respeitar direitos, como a liberdade e a privacidade de todos. O PL Azeredo, porém, prevê crimes, e não direitos.
Se fosse o contrário, teria mais lógica. Prevê, por exemplo, conforme o art. 285-B, que é crime compartilhar não apenas mp3, mas todos os arquivos digitais, que são dados e informações de sistemas informatizados, ou dependem destes para serem executados.
Muitos desses arquivos são protegidos por restrições tecnológicas (os chamados DRMs), cuja desabilitação também passa a ser crime pelo PL. Assim como também adquire status de crime a transferência de arquivos já adquiridos legalmente de uma plataforma para outra (músicas de um CD para um computador, por exemplo), pois o “legítimo titular” desses sistemas não o autoriza expressamente. A pena para quem fizer isso? Um a três anos de prisão. Pena maior do que a de invasão à domicílio, que é de um a três meses.  

O PL toma as já restritivas disposições trazidas pelo direito autoral brasileiro e aumenta a sua carga penal. Não seria por outro motivo que a Aliança Internacional da Propriedade Intelectual (AIPI) elogia efusivamente o projeto Azeredo.

Formada pela grande indústria fonográfica, cinematográfica e de software americana, radicalmente contra qualquer flexibilização da legislação autoral para o acesso à cultura, a AIPI publicou dois relatórios, em 2009 e em 2010, alegando que a aprovação do projeto de lei de cibercrimes iria facilitar a prisão de brasileiros que violam copyrights pela internet. Isso consta no seu Special 301 Report, com a referência literal ao PL 89/03, número do PL Azeredo no Senado.  
s
Porém, para além de todo esse aspecto criminalizante, o que o PL Azeredo não incorpora é a nova cultura política existente, especialmente na elaboração das leis.
 Está no sentido contrário de processos como o Marco Civil da Internet e lei de proteção de dados, que utilizaram-se da própria Internet para possibilitar um debate público intenso, transparente e participativo. Estes dois projetos são muito mais saudáveis para a boa convivência e para a garantia dos direitos na Internet que o PL 84/99.
Por isso, a campanha dos “Consumidores contra o PL Azeredo”  pede a rejeição desse projeto por entender que, muito mais que criminalizar o compartilhamento de MP3 na Internet, ele representa um óbice ao acesso à cultura através da rede e um desserviço ao exercício da cidadania virtual.

* Guilherme Varella é advogado do Idec (Instituto de Defesa do Consumidor)

________________

 junho 25, 2008

Comissão de Constituição?

A Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ), numa atitude sorrateira e ordinária típica do depravadíssimo e ilegalíssimo regime ditatorial chinês, aprovou o substitutivo da figurinha mais odiada por este blog, Eduardo Azeredo (PSDB-MG) aos PLC 89/03, PLS 76/00 e PLS 137/00.
Para demonstrar meu “amor”, que chegará ao máximo quando este for encontrar seu chefe no Inferno, crio a campanha benemerente:




















_______________________

junho 18, 2008

Projetos de controle de acesso à Internet na Câmara dos Deputados

Aqui está uma pesquisa abrangente dos projetos de lei na Câmara dos Deputados que pretendem restringir o acesso livre à Internet no Brasil. Os projetos estão separados por ano.
2008
  1. PL 3446/2008 de Bernado Ramos ARISTON (PMDB-RJ): Modifica a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que “dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente e dá outras providências”, obrigando os locais que ofereçam acesso à Internet a cadastrar os usuários do serviço.
2007
  1. PL 169/2007 de Raquel Figueiredo Alessandri TEIXEIRA (PSDB-GO): Dispõe sobre o envio de mensagem não solicitada por meio de redes de computadores destinadas ao uso do público.
2006
  1. PL 6731/2006 de Arnaldo Faria de SÁ (PTB-SP): Dispõe sobre os estabelecimentos comerciais, Lan Houses, instalados em todo território nacional que ofertam locação de computadores para acesso à Rede Mundial de Computadores – INTERNET.
2005
  1. PL 6024/2005 de Antonio Carlos de Mendes THAME (PSDB-SP): Dispõe sobre crimes informáticos, alterando o Código Penal e regulando a disponibilidade dos arquivos dos provedores.
  2. PL 5009/2005 de Júlio César Gomes dos SANTOS (PMDB-MG): Obriga as empresas de locação de terminais de computadores a manter cadastro de seus usuários e dá outras providências.
2004
  1. PL 4361/2004 de Jaildo Vieira REIS (PMDB-RJ): Modifica a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, que “dispõe sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente”, estabelecendo limites ao funcionamento de casas de jogos de computadores.
  2. PL 4144/2004 de Marcos Roberto ABRAMO (DEM-SP): Altera a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, a Lei nº 9.296, de 24 de julho de 1996, e o Decreto-Lei nº 2.848, de 7 de dezembro de 1940, e dá outras providências.
  3. PL 3301/2004 de Marcos Roberto ABRAMO (DEM-SP): Dispõe sobre normas de acesso à Internet.
2003
  1. PL 2842/2003 de Hidekazu TAKAYAMA (PSC-PR): Modifica a Lei nº 8.069, de 13 de julho de 1990, regulando o acesso de crianças e adolescentes a provedores de informações na Internet.
  2. PL 1256/2003 de Hidekazu TAKAYAMA (PSC-PR): Estabelece obrigatoriedade aos provedores da rede internet que operam no Brasil, a identificação para participantes com acesso a salas de encontros virtuais de conteúdo sexual e restringe a veiculação e troca de imagens de conteúdo sexual.
  3. PL 480/2003 de Darci Pompeo de MATTOS (PDT-RS): Dispõe sobre o cadastramento dos usuários de serviços de Internet e disponibilização de dados à autoridade policial e dá outras providências.
  4. PL 18/2003 de Iara BERNARDI (PT-SP): Veda o anonimato dos responsáveis por páginas na Internet e endereços eletrônicos registrados no País.
2002
  1. PL 7461/2002 de Eni José VOLTOLINI (PP-SC): Dispõe sobre a obrigatoriedade dos provedores de acesso a Internet manterem cadastro de usuários e registro de transações.
  2. PL 6557/2002 de Valdemar COSTA Neto (PR-SP): Estabelece obrigatoriedade de identificação para participantes com acesso a salas de encontros virtuais e troca de imagens na Rede Mundial de Computadores, Internet.
2001
  1. PL 5403/2001 de Luiz Estevão de OLIVEIRA Neto (PMDB-DF): Dispõe sobre o acesso a informações da Internet, e dá outras providências.
  2. PL 4972/2001 de José Carlos Pires COUTINHO (DEM-RJ): Dispõe sobre o acesso à informação da internet, e dá outras providências.
2000
  1. PL 3891/2000 de Julio Francisco SEMEGHINI Neto (PSDB-SP): Dispõe sobre o registro de usuários pelos provedores de serviços de acesso a redes de computadores, inclusive à Internet.
  2. PL 3303/2000 de Antonio da Justa FEIJÃO (PST-AP): Dispõe sobre normas de operação e uso da Internet no Brasil.
  3. PL 3016/2000 de Antonio Carlos PANNUNZIO (PSDB-SP): Dispõe sobre o registro de transações de acesso a redes de computadores destinados ao uso público, inclusive a Internet.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 05:33

ELENIN E LEONID ELENIN EXISTEM? EVENTOS CATASTRÓFICOS SIMULADOS

Domingo, 14.08.11
Hoje, 15/08/2013, achei o vídeo abaixo confirmando os dados, de telescópios particulares que demonstravam que o Elenin continuava firme em sua órbita, desmentindo as afirmações da NASA. O que seria o Elenin, afinal? Um projeto internacional para simular o apocalipse? Um ensaio apenas? Ou mudaram de idéia?

Aqui vão alguns dados sobre a tese acima. Tudo para ser pensado, nada para ser acreditado, simplesmente. 









ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - abafh - 27-06-2011 11:27 PM

Elenin e Leonid Elenin
Duas figuras que ultimamente tem tomado muito de nosso tempo e muitos de nossos pensamentos não é mesmo?
Mas nesse tópico convido vocês a investigares as discrepâncias e esquisitices atras desses 2 nomes, em especial Leonid Elenin, o pseudo descobridor do pseudo cometa inocente que aparentemente vem devastando vários lugares do mundo com sua influência magnética ou gravitacional.
Bom, mas vamos por partes, analisar primeiro o personagem que descobriu o tal cometa.

Nome: Leonid Elenin
Nacionalidade: Russo
Idade: não encontrei em lugar nenhum
Profissão: Astrônomo amador, funcionário da academia Russa de Ciência

VOU COMEÇAR PELO PASSADO DE LEONID ELENIN.
Seu Blog, uma ponte dele com o mundo digital não tem nenhum registro anterior a Março de 2010.
Existem algumas parcas referências ao seu nome em 2009, em uma mail list.
Em nenhum lugar se encontra informações básicas, como local de nascimento, idade, história acadêmica, simplesmente nada.

Parece que ele simplesmente não existe antes do início de 2010. Quanto a mail list, não precisa ser gênio para saber que são informações facilmente plantadas, assim como o blog na verdade, mas levando em conta a visibilidade possível, consideramos como real a data de início.
_____________

SOBRE O NOME

Bom, a princípio, vejamos na íntegra o que o dicionário do google.com nos apresenta quando lançamos os nomes LEONID ELE NIN.

LEONID: Do LATIN Leo
No plural: Chuva de meteoritos que caem da região da constelação de Leão no mês de Novembro.

ELE: do inglês
1.extinction event (from extinction-level event)

NIN: Do sumeriano
Designação para "Lady", Dama, Senhora, comumente utilizado antes do nome de deusas da cultura.
Do Japonês
Pessoa (s)

Acho que os dados acimas e as outras analogias já foram citadas a exaustão em vários lugares, assim como suas implicações, logo, não voou me extender no assunto.
Interessante notar a princípio que o nome Leonid não é de origem Russa e nem mesmo carrega as características comuns aos nomes da região, o nome tem suas origens na lingua latina, algo por sí só bem incomum.
Antes que alguém cite, Lenin e Stalin, não se chamavam assim, eram como "apelidos" ou internacionalização dos nomes de difícil pronúncia fora da União Soviética.

Fiz uma pesquisa também em busca de alguma família com o sobrenome Elenin, que mesmo os nomes mais incomuns costumam ter homônimos em alguma parte do mundo e convido a quem quiser fazer a mesma pesquisa.
Como resultado da pesquisa caí em inúmeros sites especializados em descobrir e montar árvores genealógicas, com bancos de dados extensos que apresentam os nomes pesquisados e oferencem a opção de fazer o pedido de reconstrução por meio de pesquisa das referidas árvores.

Resultado em todos os sites pesquisados? NOT FOUND.

Quanto a raiz linguística do sobrenome é quase uma piada, um russo sem nenhuma referência de descendência fora do país carregar um sobrenome que não tem paralelo e nenhum traço da língua mãe.

http://www.youtube.com/watch?v=lCtFv7IR7Xk&feature=player_embedded

Acima uma entrevista na TV russa com Leonid Elenin, assistam e depois vamos analisar algumas coisas.
Sobre a aparência:
Fica uma sombra de dúvidas sobre se a pessoa da entrevista é a mesma das fotos encontradas dele na internet, aliás, fotos não, foto, pq é apenas uma, não existem outras. Mas sim, são no mínimo muito parecidos.

[Imagem: OgAAAGXAfN2RWG79licHiIf8TKauIeGiid9_L8bM...A9bivE.jpg]
[Imagem: OgAAAB5vwqNDgwsRLHrfaMXTNGefhVUNwKWLQFeE...xhHMGi.jpg]
[Imagem: OQAAAMGZmTjvJJAx8wktbsYff157QViH0vUc14z3...5rCTrR.jpg]


Sobre o documento apresentado:

É curioso observar que a reportagem girou em torno da dúvida levantada na internet sobre a real existência ou não do astrônomo e fora uma tímida entrevista rápidaele apresentar um documento contendo uma foto e seu nome na outra folha:

1. Foto extremamente atual, arriscaria dizer que poderia ter sido tirada no mesmo dia, pois até a camisa usada na entrevista e na foto parecem estranhamente IDÊNTICAS.
2. Fotinha colada de forma mais sem vergonha para um documento oficial, ela ultrapassa os limites do documento e claramente não está colada por inteiro.
3. Tinta do carimbo que passa pela foto tem a aparência muito, mais muito de tinta fresca, sem falhas, como se recém carimbada.
4. Que diabos de papel de documento é aquele, acho que todos concordam que seria possível, agora mesmo, com uma impressora fazer um igual, sem insignia, sem emblema, sem marca d'agua, sem chancela, sem identificação do órgão ligado.
5. A parte do documento onde consta o nome de Elenin não está nem ao menos ligado a face que tem a foto, pelo que me consta qualquer documento tem 2 faces ligadas, quando não, são frente-verso.
6. Porque diabos alguém que quer comprovar sua existência e identidade apresenta um documento tão facilmente forjável? Porque ele não apresentou um R.G., carteira de motorista, qualquer coisa que não 2 pedaços de papel muito duvidosos e com cara de "carteirinha de biblioteca".

MAIS PISTAS

Bem, não fomos só nós que percebemos as "estranhezas" da entrevista, documento, etc.
Abaixo o link de um vídeo analizando o documento apresentado e se dando conta de coisas que deixamos passar ou não vimos a fundo, como por exemplo os detalhes de diferenças físicas entre a foto comum na net e o vídeo e o documento apresentado, evidenciando que a base do doc é extremamente desgastada e antiga, já o documento em sí e principalmente a foto, nem de longe acompanham tal desgaste. No vídeo tb é feita uma análise da grafia do nome apresentado, o que ferra é que eu nem sei qual lingua o cara está falando, muito menos sou capaz de entende-lo.
http://www.youtube.com/watch?v=iaUiPYd2ud8&feature=player_embedded


Pois é, a fonte é do mesmo cara que fez o vídeo que linkei antes.
Ele foi mais um pouco além, nesse trecho da entrevista, passada várias vezes, fica muito claro, ridiculamente claro que o suposto "Leonid Elenin" tira o documento das costas e não do bolso, depois de um providencial corte de cena, prentem atenção e me digam o cara tem um bolso nas costas da jaqueta e horizontal? Tentem sacar a carteira como ele fez, pago 100 reais...kkkkkkk
http://www.youtube.com/watch?v=vLW8Btld3KQ&feature=player_embedded




CONCLUSÕES
Eu acho que das duas uma. Ou os russos não levam muito jeito para omitir as coisas do público e tiveram que armar essa tal entrevista na correria para acalmar o público cada vez mais encucado, o que de fato aconteceu, pois a despeito de tanta coisa inconsistente e absurda, essa entrevista serviu como base mais do que suficiente para a grande maioria que estava na dúvida se acalmar e ficar convencido que esse papo é só mais uma teoria de conspiração nascida da mente de malucos desocupados. A segunda hipótese que tenho em mente é justamente cometer falhas de propósito, falhas tão absurdas quanto a de colocar um código no nome do descobridor e do cometa, sabendo que o pessoal "maluco" descobriria na hora, afinal, usar um código já amplamente divulgado e usado em um filme só pode ser brincadeira ou palhaçada. Cometer essas falhas intencionalmente para algumas pessoas descobrirem e levantarem a poeira.

"Coisas" orbitando Elenin?
A cada nova observação do nosso amigo cometa Elenin, mais cçaro fica que existe algo de estranho. Todos já devem ter lido sobre os objetos que o acompanham e também as piadas, mas as imagens não mentem...

Tem mais fotos do Elenin que ilustram isso, são váris aliás. Mas observem que tudo em volta do cometa está "alongado" pq a imagem acompanha seu movimento e o restante está parado, criando esse efeito, mas existe uma série de objetos menores em volta, aparentemente orbitando o cometa, esses objetos estão sem dúvida alguma acompanhando Elenin...

Mais um vídeo que levanta possibilidades sobre os objetos que vem seguindo o Elenin. O autor do vídeo considera o aparente movimento desses objetos, uma evidência forte de que o Elenin não seja exatamente um cometa e sim uma lua de algo maior e invisível, algo que muita gente vem dizendo:

http://www.youtube.com/watch?v=EgINlqkKpHk&feature=player_embedded


O próximo é ainda mais intrigante, e a confiança do autor de que os dados fornecidos pelas NASA são mentirosos é tanta que ele desafia a qualquer um a achar outros dados de órbita ou algum dado fora da NASA que confirme o que ela diz sob pena de deletar a própria conta do youtube:

http://www.youtube.com/watch?v=UGZh1LeKR4E&feature=player_embedded


O que acham?

RE: ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - romulo - 27-06-2011 11:50 PM

O de sempre. O Elenin é o famoso Nibiru, eles sabem disso a muito tempo e criaram essa estoria pra boi dormir.

Em breve isso acaba.

RE: ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - Novus Ordo - 28-06-2011 09:13 AM

Existe alguma possibilidade desse planta/cometa passar aqui próximo à Terra e não acontecer absolutamente nada?

RE: ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - beto - 28-06-2011 10:03 AM

Romulo, acho que não.. Nibiro é bem maior. E segundo consta deve chegar aqui lá por 2060 por ai..

RE: ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - Hunter88 - 28-06-2011 10:06 AM

2060?. Qual a fonte?.

RE: ELENIN e Leonid Elenin- Investigação - beto - 28-06-2011 10:19 AM

Vi isso numa entrevista com o Bob Dean. Se não me engano do Camelot Project..


Também em;
Eu já tinha esquecido deste depoimento do projeto Disclosure que fala dessa ameaça forjada, só que não explica os motivos:
http://www.youtube.com/watch?v=naxO9_1JxVc&feature=player_embedded

Além desse, no momento só me lembro de Milton Cooper, acho que é este o link http://holosgaia.blogspot.com/2011/03/extraterrestres-e-caos-ambiental-para.html
É (Comet?) Elenin Causando A terremotos devastadores?
On December 10, 2010, just a few short months ago, supposedly a Russian amateur astronomer by the name of Leonid Elenin , using a 0.45-m (about 18 inches) reflector telescope, discovered a "comet" that is destined to pass relatively close to Earth in September, October and November of 2011 (this year). Em 10 de dezembro de 2010, apenas poucos meses atrás, supostamente, o astrônomo russo amador com o nome de Leonid Elenin, usando um 0,45 m (cerca de 18 centímetros) telescópio refletor, descobriu um "cometa", que está destinada a passar relativamente perto à Terra em setembro, outubro e novembro de 2011 (este ano).

You can read the Wikipedia page about Elenin here: Comet C/2010 X1 (Elenin) Você pode ler a página da Wikipedia sobre Elenin aqui: Cometa C/2010 X1 (Elenin)

There are many troubling factors regarding this alleged "comet." Há muitos fatores preocupantes em relação a este suposto "cometa". In the video below, I use the trajectory tool from NASA's jet propulsion laboratory to reveal three very incredible "coincidences." No vídeo abaixo, eu uso a ferramenta trajetória de Propulsão a Jato de laboratório para revelar três muito incríveis "coincidências". These are very alarming, or at least they are to me. Estes são muito alarmantes, ou pelo menos eles são para mim.

Using this tool, I show that three devastating earthquakes of the past year have all happened on the exact day , or within a couple of days, of a perfect alignment of the Sun, the Earth, and Elenin. Usando esta ferramenta, eu mostro que três terremotos devastadores do ano passado, tudo aconteceu no dia exato, ou dentro de um par de dias, de um perfeito alinhamento do Sol, a Terra, e Elenin. To tool in the video below is taken directly from NASA's website. A ferramenta no vídeo abaixo é tirado diretamente do site da NASA. You can replicate what I do in the video by going to NASA's website and using the tool yourself. Você pode replicar o que eu faço no vídeo indo ao Web site da NASA e usando a ferramenta de si mesmo. You can find the page with the tool here: Você pode encontrar a página com a ferramenta aqui:

Comet Elenin trajectory Comet trajetória Elenin

Here's the video, simply click play. Aqui está o vídeo, basta clicar em jogar. My commentary continues below. O meu comentário continua abaixo.


Comet Elenin related to earthquakes? from Oliver Silverstein on Vimeo . Comet Elenin relacionados a terremotos? de Oliver Silverstein no Vimeo .

In the video above, there are three major earthquakes, and each is associated with an alignment of Elenin, Earth, and the Sun. No vídeo acima, existem três grandes terremotos, e cada um está associado a um alinhamento de Elenin, Terra e do sol. Here are the dates, alignment, and distance of Elenin from Earth: Aqui estão as datas, alinhamento e distância de Elenin da Terra:

Date Location Alignment Distance Magnitude Data Local Magnitude Distância Alinhamento

February 27, 2010 Pelluhue, Chile Elenin-Earth-Sun 6.04 AU 8.8 27 de fevereiro de 2010 Pelluhue, Chile Elenin-Terra-Sol 6,04 UA 8,8

September 4, 2010 Christchurch, NZ Elenin-Sun-Earth 6.26 AU 7.2 04 de setembro de 2010 Christchurch, Nova Zelândia Elenin-Sun-Earth 6,26 UA 7,2

March 11, 2011 Tohoku, Japan Elenin-Earth-Sun 2.16 AU 9.0 11 março, 2011 Tohoku, no Japão Elenin-Terra-Sol 2,16 UA 9,0


As I see it, there are two possibilities. A meu ver, há duas possibilidades. First, Elenin is indeed merely a comet and these alignments are mere coincidence, and nothing more. Primeiro, Elenin de fato apenas um cometa e estes alinhamentos são mera coincidência, e nada mais. Once would be a mighty large coincidence. Uma vez que seria uma coincidência poderosa grande. Twice would be borderline far-fetched. Duas vezes seria borderline rebuscado. Three times goes beyond the realm of coincidence in my mind, and leads me to rule out mere chance. Três vezes vai além do reino da coincidência na minha mente e me leva a descartar pura sorte. I'm leaning towards a connection between Elenin and earthquakes. Eu estou inclinado para uma conexão entre Elenin e terremotos.

Which brings up the second possibility, that Elenin is somehow involved with triggering devastating temblors here on Earth. Que traz a segunda possibilidade, que é de alguma forma Elenin envolvido com provocando tremores devastadores aqui na Terra.

I find it very peculiar that "Leonid Elenin" discovered this celestial body (I am not calling it a comet for reasons that will follow). Acho que é muito peculiar que "Leonid Elenin" descobri este corpo celeste (não estou chamando-o de um cometa, por razões que se seguirão). There are only two pictures of Leonid Elenin online. Existem apenas duas fotos de Leonid Elenin online. This person seems to not have existed before 2008. Essa pessoa parece não ter existido antes de 2008. That makes me wonder... Isso me faz pensar ...

Also, amateur astronomers that I've talked to report that "comet" Elenin cannot been found in the sky where it is reported to be, even though it is much closer than Jupiter. Além disso, os astrônomos amadores que eu já falei para informar que "cometa" Elenin não pode sido encontrado no céu, onde é relatada a ser, mesmo que ele está muito mais próximo do que Júpiter. If Leonid could discover, with an 18-inch telescope, this "comet" over three months ago when it was more than twice the distance from the Earth compared to now, why can't amateur astronomers using the same 18-inch telescope view Elenin today, especially when it's location is directly pin-pointed by NASA? Se Leonid poderia descobrir, com um telescópio de 18 polegadas, este "cometa" mais de três meses atrás, quando era mais de duas vezes a distância da Terra em relação ao agora, por que não pode astrônomos amadores usando o mesmo telescópio de 18 polegadas vista Elenin hoje, especialmente quando a sua localização está diretamente apontadas pelo NASA?

Is it possible that Elenin isn't a comet at all? É possível que Elenin não é um cometa em tudo? To me, that seems likely. Para mim, isso parece provável. If it is not a comet, then what exactly is it? Se não é um cometa, então o que exatamente é isso? That's a question that I have for NASA. Essa é uma pergunta que eu tenho para a NASA. Could Elenin be dark matter? Poderia ser Elenin matéria escura? A brown dwarf star? Uma estrela anã marrom? Something as yet undiscovered? Algo ainda não descoberto? After all, the first brown dwarf was discovered just 17 years ago, in 1994. Afinal, a anã marrom primeiro foi descoberto apenas 17 anos atrás, em 1994.

If Elenin is just a comet, it certainly would NOT have the gravitational pull necessary to stress the Earth's crust to the degree needed to cause the earthquakes listed above. Se Elenin é apenas um cometa, ele certamente não teria a força gravitacional necessário enfatizar a crosta da Terra com o grau necessário para fazer com que os terremotos listados acima. If Elenin is a brown dwarf, that would explain why it cannot be seen, as brown dwarfs are very difficult to detect. Se Elenin é uma anã marrom, que explicaria por que ele não pode ser visto, como as anãs marrons são muito difíceis de detectar.

An astronomical unit (AU) is the distance from the Earth to the Sun. Uma unidade astronômica (UA) é a distância da Terra ao sol. If Elenin has caused the earthquakes listed above when it was several AUs from Earth, how much worse will be the damage when it is less than half of an AU from Earth? Se Elenin causou a terremotos listados acima, quando foi várias AUs da terra, quão pior será o dano quando é menos da metade de um UA do Terra?

I claim not to have the answers. Eu reclamo de não ter as respostas. Nor do I claim that the future dates shown in the video above will witness catastrophic events here on Earth. Nem eu alegação de que o futuro datas mostradas no vídeo acima vai testemunhar eventos catastróficos aqui na Terra. What I do know is those earthquakes happened. O que eu sei é os terremotos aconteceram. I do know that this trajectory tool for Elenin's path is provided by NASA . Eu sei que esta ferramenta trajetória para o caminho Elenin é fornecido pela NASA. I do know that every time there was an Earth-Sun-Elenin alignment, there was a severe earthquake here on Earth. Eu sei que cada vez que havia um alinhamento Terra-Sol-Elenin, houve um grande terremoto aqui na Terra. I do know that NASA's tool shows Elenin coming much, much close to Earth later this year. Eu sei que ferramenta da Nasa mostra Elenin vindo muito, muito perto da Terra no final deste ano. I do know there are two more alignments yet to come. Eu sei que há dois alinhamentos mais ainda por vir. I do know Earth will be passing through Elenin's path. Eu sei Terra estará passando através do caminho Elenin.

Regrettably, I also do know there is a total silence from officialdom regarding the issues raised in my video. Infelizmente, eu também sei que há um silêncio total da burocracia sobre as questões levantadas no meu vídeo.

Why? Por quê?

Lastly, for the conspiracy-minded, if Leonid Elenin doesn't exist (as there are no records of him existing prior to 2008), who chose the name of this fictitious person, and why? Por fim, para a conspiração de espírito, se Leonid Elenin não existe (como não há registros dele existentes antes de 2008), que escolheu o nome dessa pessoa fictícia, e por quê? Leonid translates to "meteor shower." Leonid se traduz em "chuva de meteoros".

And Elenin? E Elenin? Where did that come from? Onde veio isso? Take the first three letters from each of these numbers: Pegue as três primeiras letras de cada um desses números:

ELE ven and NIN e ELE ven e NIN e

9 and 11. 9 e 11. Do those numbers have any significance? Será que esses números têm algum significado?

I'll have more to say about this in the coming days... Eu terei mais a dizer sobre este nos próximos dias ...


Elenin update 5-18-2011: Elenin atualização 2011/05/18:

Cornell University has just published a paper by Dr. Mensur Omerbashich of the European Royal Society, and is titled, "Astronomical alignments as the cause of M6+ seismicity." Cornell University acaba de publicar um artigo escrito por Dr. Mensur Omerbashich da União Europeia Royal Society, e é intitulado "alinhamentos astronômicos como a causa de sismicidade M6 +".

You can view it here: Comet Elenin Você pode vê-lo aqui: Comet Elenin

Dr. Omerbashich concludes that "Comet C/2010 X1 (Elenin) has been adding to robustness in terms of very strong seismicity since 2007," and that "Elenin will continue intensifying the Earth's very strong seismicty until August-October, 2011." Dr. Omerbashich conclui que "Cometa C/2010 X1 (Elenin) foi acrescentando a robustez em termos de sismicidade muito forte desde 2007," e que "continuará intensificando Elenin seismicty muito forte da Terra até agosto-outubro de 2011."



Elenin update 7-26-2011: Elenin atualização 2011/07/26:

As comet Elenin draws nearer, there are images being captured from various sources and posted around the web. Como cometa Elenin se aproxima, há imagens que estão sendo capturadas de várias fontes e afixado em torno da web. I've gathered a few of the more intriguing ones and posted them on a separate page. Eu recolhi alguns dos mais intrigantes e os publicou em uma página separada. Go here to see various images of comet Elenin . Vá aqui para ver várias imagens de cometa Elenin .


Elenin update 8-4-2011: Elenin atualização 2011/08/04:

Recent information has been forwarded regarding the death of two very prominent astronomers. Informações recentes foram encaminhadas em relação à morte de dois astrônomos muito proeminentes. Here is a wikipedia entry on each: Aqui é uma entrada de wikipedia para cada:


Brian Geoffrey Marsden (5 August 1937 – 18 November 2010) was a British astronomer born in Cambridge, England, and educated at The Perse School in Cambridge, New College, Oxford and Yale University. Brian Marsden Geoffrey (05 de agosto de 1937 - 18 Novembro 2010) foi um astrônomo britânico nascido em Cambridge, Inglaterra e educado na escola Perse em Cambridge, New College, Oxford e da Universidade de Yale. Dr. Marsden was the longtime director of the Minor Planet Center (MPC) at the Harvard-Smithsonian Center for Astrophysics (director emeritus from 2006 to 2010). Dr. Marsden foi o diretor de longa data do Centro de Planetas Menores (MPC), no Centro Harvard-Smithsonian de Astrofísica (diretor emérito 2006-2010). Marsden specialized in celestial mechanics and astrometry, collecting data on the positions of asteroids and comets and computing their orbits. Marsden especializados em mecânica celeste e astrometria, coletando dados sobre as posições de asteróides e cometas e computação suas órbitas.


Allan Rex Sandage (born June 18, 1926 in Iowa City, Iowa, died November 13, 2010) was an American astronomer. Allan Sandage Rex (nascido em 18 de junho de 1926, em Iowa City, Iowa, morreram 13 novembro de 2010) foi um astrônomo americano. He was Staff Member Emeritus with the Carnegie Observatories in Pasadena, California. Ele foi emérito membro da equipe com os Observatórios Carnegie em Pasadena, Califórnia. He is best known for determining the first reasonably accurate value for the Hubble constant and the age of the universe. Ele é mais conhecido para determinar o primeiro valor razoavelmente precisa para a constante de Hubble ea idade do universo. Allan R. Sandage was one of the most influential astronomers of the 20th century. Allan Sandage R. foi um dos astrônomos mais influentes do século 20. Sandage began working at the Palomar Observatory, which is owned and operated by the California Institute of Technology. Sandage começou a trabalhar no Observatório Palomar, que pertence e é operado pelo Instituto de Tecnologia da Califórnia. Beginning in April 2001, the Samuel Oschin telescope (1.2 metre aperture Schmidt telescope at Palomar Observatory) was also put into service to discover and track near-Earth objects. Início em Abril de 2001, o telescópio Samuel Oschin (1,2 metros de abertura Schmidt telescópio no Observatório Palomar) também foi colocado em serviço para descobrir e rastrear objetos próximos da Terra. In addition to discovering thousands of asteroids, NEAT is also credited with the co-discovery (recovery) of periodic comet 54P/de Vico-Swift-NEAT. Além de descobrir milhares de asteróides, NEAT também é creditado com a descoberta co-(recuperação) do periódico cometa 54P/de Vico-Swift-NEAT.


Both of these men specialized in near-Earth objects, namely comets and asteroids. Ambos estes homens especializados em objetos próximos da Terra, ou seja, cometas e asteróides. Both men died of an acute encephalomyelitis. Os dois homens morreram de uma encefalomielite aguda. The encephalitis or acute disseminated encephalomyelitis is an inflammatory demyelinating disease of the central nervous system and brain. A encefalite ou encefalomielite disseminada aguda é uma doença inflamatória desmielinizante do sistema nervoso central eo cérebro. It is a rare disease, with an incidence rate of just 8 cases/1,000,000 persons/year, and affects mostly children and adolescents, most cases occurring between 5 and 8 years old. É uma doença rara, com uma taxa de incidência de apenas 8 casos / 1.000.000 pessoas / ano, e afeta principalmente crianças e adolescentes, a maioria dos casos ocorrem entre 5 e 8 anos de idade. It is reported that this disease may be rapidly inoculated by an aerosol weapon, often used by government spies. Relata-se que esta doença pode ser rapidamente inoculada por uma arma de aerossol, muitas vezes utilizada por espiões do governo.


That the two astronomers had died at 5 day intervals with the same disease, and more importantly of an extremely rare disease, that they were both specialists in comets and near-Earth objects, and that the announcement of Comet Elenin's "discovery" by an amateur astronomer just a few weeks after their death seems like an amazing coincidence. Que os dois astrônomos tenham morrido em intervalos de 5 dias com a mesma doença, e mais importante de uma doença extremamente rara, que ambos eram especialistas em cometas e objetos próximos da Terra, e que o anúncio da "descoberta" do Comet Elenin  por um amador astrônomo apenas algumas semanas após a sua morte parece ser uma coincidência incrível.


Or NOT. Ou NÃO.


Is it possible that the public is not being told the full truth about Elenin, and that these two astronomers knew too much? É possível que ao público não esteja sendo contada toda a verdade sobre Elenin, e que estes dois astrônomos sabiam demais?




Elenin update 8-8-2011: Elenin atualização 2011/08/08:

Leonid Elenin has published a recent photo of Comet Elenin, and is reporting that Elenin's coma is growing very rapidly and has recently expanded to 200,000 kilometers. Leonid Elenin publicou uma foto recente de Comet Elenin, e está relatando que coma Elenin está crescendo muito rapidamente e foi recentemente ampliado para 200.000 km. Here is the picture of Comet Elenin that he shared: Aqui está a imagem do Cometa Elenin que ele compartilhou:



How large will Elenin's coma be when it passes by Earth in September/October/November? Qual será o tamanho do coma Elenin ser quando passa pela Terra em Setembro / Outubro / Novembro? Will the coma be large enough so that Earth passes through it? Será que o coma é grande o suficiente para que a Terra passa por ele? What negative environmental, meteorological, seismological, and other related effects will this cause, if this happens? Que ambiental negativo, meteorologia, sismologia, e outros efeitos relacionados com isso vai causar, se isso acontecer? How close to Earth does Elenin have to travel in order to cause some of these negative effects? Como perto da Terra faz Elenin tem que viajar a fim de causar alguns desses efeitos negativos?

The answer to these questions and more will be shared in coming updates... A resposta a estas e outras questões serão compartilhadas em atualizações que vem ...


In the coming days and weeks I will be continuing to publish breaking information regarding the approach of Elenin , and what disasters might unfold as a result. Nos próximos dias e semanas eu estarei continuando a publicar informações a respeito quebrar a abordagem de Elenin, eo que poderia se desdobrar desastres como resultado. In discussing this with my scientific sources, those disasters will not be limited to earthquakes. Em discutir isso com as minhas fontes científicas, esses desastres não será limitado a terremotos. I would invite you to subscribe to my daily report in order to receive new information in the most timely manner possible, and do not forget to bookmark this page so that you can return frequently for Comet Elenin Updates . Gostaria de convidá-lo a assinar o meu relatório diário, a fim de receber novas informações da forma mais oportuna possível, e não se esqueça de bookmark esta página para que você possa retornar com freqüência para atualizações Comet Elenin .

- Oliver - Oliver


Do you appreciate this story? Você aprecia esta história? If so, consider signing up for Oliver's daily email report . Se assim for, considerar se inscrever para Oliver relatório e-mail diário . Help us sound the alarm and expose the truths being kept hidden from the public. Ajude-nos a soar o alarme e expor as verdades sendo mantidos escondidos do público. If you want to help throw off the corporate shackles and regain our liberty, freedom, and autonomy, get informed and empowered. Se você quiser ajudar a livrar-se das amarras corporativas e recuperar a nossa liberdade, liberdade e autonomia, se informados e responsáveis. Help spread the word. Ajude a espalhar a palavra. Together we can make a difference and put an end to the corruption, exploitation, and atrocities that are ruining our world and threaten to enslave our children and grandchildren. Juntos podemos fazer a diferença e colocar um fim à corrupção, exploração e atrocidades que estão a arruinar o nosso mundo e ameaçam escravizar nossos filhos e netos.

Knowledge is power - get informed. Click here to receive Oliver's Inside Information Daily Email Report. Conhecimento é poder - se informar. Clique aqui para receber Dentro de Oliver informação do relatório de e-mail diário.

Please check back often for regular updates on Comet Elenin . Volte sempre para atualizações regulares sobre Comet Elenin.


http://translate.google.com.br/translate?hl=pt-BR&sl=en&u=http://insideinformationdaily.info/is-comet-elenin-causing-earthquakes.htm&ei=I1ZhTtjuKMbC0AGK3tEz&sa=X&oi=translate&ct=result&resnum=1&ved=0CC0Q7gEwAA&prev=/search%3Fq%3Dhttp://insideinformationdaily.info/is-comet-elenin-causing-earthquakes.htm%26hl%3Dpt-BR%26sa%3DG%26biw%3D790%26bih%3D394%26tbs%3Dcdr:1,cd_min:1/1/2010,cd_max:31/12/2010%26prmd%3Divns

Do site:

http://starviewer.wordpress.com/2011/09/07/la-noche-sin-sueno-elenin-patrones-de-artificialidad/


La noche sin sueño. Elenin: Patrones de artificialidad.

Posted on 7 septiembre 2011 por


blue-elenin-2

 
i
41 Votos
Quantcast
Hoy es una noche sin sueño. Parece que se extiende más allá de todo aquello que queremos. Pero lo cierto es que la trana de Elenin parece no haber sido “desintegrada” por su perihelio. La foto, representa la trayectoria actual del cometa, y parece haber retrocedido al punto lógico de la trayectoria, algo que evidentemente desconcierta a los científicos y a los astrónomos amateurs que lo están observando. Seguidamente ofrecemos las últimas fotos obtenidas el 2 de septiembre: Pero en esta ocasión, resulta extraño que los satélites, LASCO, STEREO y SECCHI, mantengan silencio sobre el cambio de trayectoria del cometa. Pero las visualizaciones, no ofrecen lugar a dudas: Ciertamente, Azul…? Muy Azul. No parece que se esté desintegrando, y tampoco parece un cometa. Evidentemente, en la página web de spaceobs.org  se establece que Elenin, no obrevivirá al Perihelio y en todo caso, estará extinguido cerca de octubre. Hay algo seguro: Un patrón de artificialidad, al recomponerse en su órbita original. Sin embargo, es pronto para sacar conclusiones. Debemos esperar al menos tres dias más. La cuestión de fondo, nos dará un completo análisis de lo que es, lo que acompaña…Etc… Por el momento, paciencia. StarViewerTeam International 2011. 2012 - A verdade que não estão te contando http://www.youtube.com/watch?feature=player_embedded&v=4hKnUKUGYkg#! http://www.youtube.com/user/CEL2076?feature=mhee#p/a/f/1/fBcBWLe166A

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 05:24

CONVERSA COM UM EXTRATERRESTRE- estamos sendo julgados?

Quinta-feira, 28.07.11
Hipnóloga Cassyah Faria conversa com um ser extraterrestre




Hipnóloga Cassyah Faria conversa com um ser extraterrestre

Transcrição da hipnose de Chico Penteado por Cassyah Faria em 15-04-2011(editado)
Um ser insetóide se manifesta através do hipnotizado, e fala dos "câmeras."

CH Chico Penteado
CA Cassyah Faria
CA Que altura tem?
CH Bem alto...
CA Olhe nos olhos, o que transmite este olhar? 123...
CH Vermelho é bom.
CA É um olhar terno?
CH Não. Passa inteligência, não bondade...
CA Passo então a falar com ele... Ele ou ela? Você pode falar quem você é de onde você veio...?
CH Uma coisa por vez... o que você quer saber?
CA De onde você vem?
CH Da base, aqui perto.
CA Qual o tipo de operação, se é que existe uma?
CH Entreposto. Reabastecimento. De coisas que tem aqui, material humano...
CA Faz algum tipo de experiência com humanos?
CH Psicológicas.
CA Pode me dizer quais?
CH Estudar reações humanas. Comportamentos, ciência.
CA Essas pessoas são levadas de maneira espontânea?
CH Raramente.
CA Esse estudo é para os humanos, esta ciência?
CH Nãoooo... Para nós.
CA Vocês tem algum interesse nos humanos? Para que eles servem?
CH Hmmm (hesitação)... È preciso estudar se eles merecem continuar ou ser extintos.
CA Trabalham na linha de extinção?
CH Não... Faz parte do julgamento.
CA Quem julga?
CH Muitos planetas. Não nós, o serviço é nosso...
CA Há muitas linhagens envolvidas?
CH Muitas, todo mundo conhece todo mundo, só os humanos estão de fora.
CA Os humanos tem chance de estar nesse local, ou é difícil?
CH É... É difícil explicar... O humano,... é chato falar... Está reprovado. Eles querem saber o que fazer, se entregam na mão dos outros...se deixam continuar...ou se interfere...se restringe...se deixa morrer tudo.
CA Então existe um trabalho no sentido de salvar o ser humano?
CH Parcialmente. Alguns indivíduos humanos são escolhidos, como câmeras, para determinar quem deve viver e quem não deve.
CA Poderia me dizer que critério será usado nesta seleção?
CH Cultura Espiritual Mínima. Abaixo de certo ponto nós consideramos como bicho. Podemos fazer o que quisermos.
CA Entendi. Em termos de porcentagem, quanto é isso?
CH Não são porcentagens, são coisas que estão na aura, e manifestas no comportamento, é só observar o comportamento. Uns 20% tem algum valor.
CA As pessoas levadas por vocês, abduzidas tem uma característica em comum?
CH Evolução Espiritual Mínima. Um pouco, ou bastante.
CA E estes indivíduos são controlados por vocês?
CH Tudo. E protegidos. São os nossos experimentos.
CA E porque não se lembram?
CH Porque eles tem que voltar para seu ambiente e se portar de uma forma mais ou menos normal. Seria impossível suportar esta vida humana de outra forma.
CA E a hipnose é uma ferramenta que você admitem para sabermos coisas?
CH Sim, ela é desinibidora. Até certo ponto você pode saber coisas... O abduzido pode ser uma câmera.
CA É preciso levar o abduzido à base para isso?
CH Nãooooo... Pode ser operado no quarto humano, temos muito bom equipamento. Equipamento, medicações. Mas tem um certo prejuízo para o organismo.
CA As pessoas correm o risco de morrer disso?
CH Não, em curto prazo não.
CA Esses humanos câmeras, eles têm que ter uma vida regrada ou uma missão?
CH Eles tem que ter uma vida mais regrada que o normal dos humanos. Porque senão eles não teriam vida espiritual mínima. Meditar, estudar, julgar.
CA Em tempo da Terra existe um prazo para isso acabar?
CH Poucos anos.
CA Você é réptil?
CH Não, eu sou insetóide. Mas quando eu saio deste corpo eu tenho outras formas. Posso ser réptil, ou humanóide. É só trocar.
CA É só trocar a pele ou é um holograma?
CH Troca o veículo.
CA Você usa naves?
CH Sim, naves, portais. Todo mundo pode trocar de corpo. Eu não pertenço a uma única raça específica...
CA Isso é ser um ser do universo...
CH Sim, mas o ser humano tem mais medo do inseto que do reptiliano.
CA Mais medo que do reptiliano?
CH Sem duvida, é mais repulsivo... Algumas pessoas acham o réptil engraçadinho, existem desenhos, filmes, é mais aceitável. Inseto, para o ser humano, é nojento. Eles não têm compaixão pelos insetos. Você conhece alguém que tenha inseto de estimação?
CA Não.
CH Nãoooooo... Mas os insetos são mais amigáveis com o humano que os répteis. Eles ainda vêm alguma coisa de bom no ser humano, com muito boa vontade, fazendo força. Descontando muita coisa, afinal o ser humano é o resultado de erro. E nós não podemos punir o erro.
CA De que erro os humanos é resultado?
CH Da experiência de várias raças, muita bagunça o espaço não é bem ordenado e organizado como parece. Não existe consenso sobre o que fazer e o que é certo. Nem o que é o bem nem o que é o mal.
CA E você disse que só 20% dos humanos tem chance de evolução não é isso?
CH Nãooooo... Evolução todos teem, 20% pode viver, pode reencarnar na Terra, como humano, o resto vai para uma espécie de lata de lixo. Eles vão para planetas que estão começando você já leu livros sobre isso. Isso já foi dito, isso já aconteceu antes. Agora é a vez daqui. 80% tem que morrer, mas nem sempre quem morre, morre porque é mau. Mas depois que você perde o corpo ganha outro. Outros que são maus, eles vivem, mas depois eles não voltam mais. Aqui não mais, já abusou bastante.
CA Você falou de humanos, mas e os irmãos outros, quando fazem algum mal ,ele vem para cá?
CH Sim, criminosos de vários planetas, na forma humana. Vivendo como humanos, no sofrimento de ser humano. É o pior castigo.
CA Então eles tiveram uma evolução e em determinado momento se perderam...
CH Sempre vão existir pessoas mal comportadas. Se você errar o castigo é ser humano.
CA Não existe coisa pior que ser humano?
CH Existem coisas piores. Ser um bicho, um ser ainda não totalmente inteligente. Ou lugares semelhantes a este aqui existem um monte. A Terra não é nada incomum.
CA Mas existe uma ordem no universo? Tudo é cíclico?
CH É cíclico, a matéria é um laboratório. Experimentos, a ignorância é como estar no escuro, e no escuro, as suas habilidades são testadas. Isso é ser humano, porque eles vivem no escuro. Por isso os erros deles são perdoáveis. É como se fosse um jardim de infância.
CA Dizem que aqui é um planeta de resgate, então é mais um planeta de aprendizado?
CH Planeta infantil. Em nossa opinião. Depende muito do modo como cada espécie entende o universo. Isso varia, se você perguntar para um reptiliano é diferente. Se você perguntar para um gray é diferente, cada raça tem a sua noção de certo e errado. E nós respeitamos a Confederação de Planetas, tem contato com todo mundo. Todo mundo opina. E os reptilianos que não gostam do ser humano.
CA Porque isso?
CH Acham feio é um experimento errado então você termina com ele.
CA E os irmãos nórdicos?
CH Esses tem culpa, eles fizeram muitos experimentos. Eles cederam seus genes, eles têm a obrigação de consertar isso. Eles parecem tão bonzinhos, mas na verdade eles sentem arrependimento. Eu diria assim que não é pura bondade. Karma deles, se você estragou uma coisa, você tem que consertar. Se eu quebrar uma coisa sua, eu tenho que te dar outra. Isso é válido em qualquer lugar. Se você criou uma espécie miserável, você tem que consertar. Não é culpa do resultado, é culpa do fabricante.
CA E aqueles dentre vocês que estão no meio de nós usando o macacão biológico (humano), tem uma missão para com grupos...eu me pergunto por que não usar sua própria vestimenta física e deixar o ser humano, já que é tão desprezível?
CH Eles ocupam a foram humana por terem cometido erros, e tem que aceitar o castigo, ou podem aceitar voluntariamente, geralmente é um castigo.
CA Pensei que eles tivessem alguma ação entre os humanos, quando assim travestidos de humanos.
CH Eles são a câmera, eles olham e julgam. Eles determinam, opinam, ajudam a determinar, pelo menos tentar entender a situação. Não é possível entender do lado de fora, a nossa espécie não entende o comportamento humano. Nem o bem e o mal dos humanos. Por isso é preciso ser humano para entender os humanos. Mas é um castigo horripilante, porque o nosso mundo é maravilhoso. Você tem que fazer uma coisa muito errada para merecer isso.
CA E aquele (extraterrestre) que é punido (nascendo como humano) recupera a consciência?
CH Conforme vamos trabalhando, eles vão recobrando a consciência. Para isso existem os terapeutas, os psicólogos. É muito doloroso, e feito de maneira abrupta pode matar. E matar é estragar o experimento. Porque a estória é muito longa, muitas facetas, muitas existências. Não cabe em uma mente humana encarnada, seria preciso morrer primeiro para saber tudo. Você desencarna, e decide depois e é avaliado depois, em plena consciência. O que não é dado saber você não vai saber. O que interessa saber é que o ser humano está no limite, e que existe o conselho que aprova ou reprova, isso não é feito por uma única espécie. O universo tem muitas espécies, que dialogam entre si.
CA E sobre o humano...
CH Eles não sabem o que fazer, eles esperavam um pouco melhor do que está sendo. Poucos teem uma vida espiritual, e não necessariamente seguem uma religião. A questão é a consciência, é fácil distinguir quem tem uma vida espiritual mínima de quem não tem. Provavelmente, quem não tem vida espiritual não se interessa por isso que você faz. Esses estão condenados, são gado para o abate. Você não pode fazer nada por eles, não em uma vida.
CA Só o ser humano pode fazer algo por ele mesmo...
CH É o tempo, todos evoluem só que alguns muito devagar. Outros rápidos, como plantas e outras coisas. A alma também evolui, ou não. Se ela fica encruada, é reprovada e cai. Para um mundo que está começando, e a terra está ficando velha.
CA falando em plantas e animais, os animais também vão passar por essa peneira?
CH Nãooooo... Não se julga animais. Alguns animais transitam para a forma inteligente, animais superiores, cães, gatos, répteis insetos, golfinhos, eles podem receber um corpo como o seu. Eles teem habilidades, na primeira vez eles não fazem nada demais, mas na segunda, terceira vez eles tem que revelar o seu talento. A Terra está ficando velha e precisa selecionar, neste patamar de conhecimento científico que a Terra já tem ridículo para nós, mas suficiente para que haja necessidade de uma seleção de indivíduos, gente inapta tem que morrer. É a única maneira de conciliar conhecimento e as possibilidades atuais.
CA Existe a vida de superfície. E a intraterrena?
CH As bases, não são intraterrenos, ninguém nasce debaixo da terra, nós moramos lá porque é seguro, longe dos humanos que são intromissores.
CA E onde entra a figura de Deus?
CH Deus é uma máquina de fazer coisas. Nós não entendemos Deus, como ele funciona. Nos apenas estamos aqui, não sabemos como começou, nem onde vai acabar. E duvido que alguém saiba.
CA você fala em vida espiritual, crescimento espiritual, mas não existe um plano de Deus para seus filhos?
CH Deus produz matéria e energia, e a matéria e energia toma forma própria. Ele não interfere, só assiste. É um espetáculo, eu não sei mais que isso...
CA é como se Ele fosse produtor, e nós os atores?
CH inclusive os seres de outros mundos. Infinitos mundos, e planos dentro de outros. Cada planeta tem varia dimensões, superiores e inferiores, vários seres coexistem na mesma dimensão, e se eles usam o superior e o inferior de cada planeta, o universo é muitoooo populoso, no material e no imaterial. Para cada material existem cem imateriais. A matéria é uma roupa que se veste temporariamente. Ela traz dor e problemas, ninguém quer ficar nela muito tempo. Quem tem sabedoria não quer ficar nela. Mas ás vezes há certas experiências que você só pode ter na matéria. Por isso a necessidade de mergulhar nela. Isso é uma coisa que espiritualistas da terra sabem, não é novidade minha.
CA esse conhecimento é importante, por isso fomos unidos?
CH sim vamos conversando, e amadurecendo em ritmo natural. Sem causar um golpe abrupto. Porque você não pode falar certas coisas aos menos esclarecidos. Por isso o amadurecimento é lento. O humano aprende devagar por ter um corpo que é uma roupa pesada, cheia de demandas, sobra muito pouco espaço para o aprendizado de fato.
CA E existe uma urgência para isso?
CH Claro que é urgente, muito urgente. Agora é o fim. Não com a Bíblia descreve, mas uma lenta degeneração, tudo vai parecer normal, mas não está normal. Mesmo com muita gente morrendo, eles vão pensar que é normal, que é natural, mas não é natural.

Cassyah Faria
Hipnóloga especializada em Terapias Regressivas, Hipnose em caso de Abdução e Contato Multidimensional.
http://cassyahfaria.webnode.com/
http://transicaoplanetaria.blogspot.com/2011/07/hipnologa-cassyah-faria-conversa-com-um.html#more
Existência Consciente


Entrevistando um Reptiliano





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 17:45

ILLUMINATI, A MÁFIA E O OCULTO - REVELAÇÕES HISTÓRICAS

Terça-feira, 19.07.11
A MAGIA, A ´MÁFIA´ E O OCULTO - REVELAÇÕES HISTÓRICAS SURPREENDENTES (NADA ´TRIVIAL´) SERVINDO PARA DEIXAR A IGREJA DO SENHOR ATENTA A EVIDÊNCIAS CONSPIRATÓRIAS MALIGNAS

Bill Schnoebelen é autor de vários best-sellers. As informações contidas neste excerto podem ser verificadas na bibliografia, disponível abaixo. Bill vem sendo duramente criticado por alguns segmentos religiosos americanos, principalmente não cristãos, que o acusam se falacioso e invencionista. Você pode pedir mais detalhes sobre o autor na editoras e lojas evangélicas que publicam e vendem seus trabalhos, aqui no Brasil, como a Loja do Guerreiro, Erdos, Chamada da Meia Noite (clique no nome da loja para ser remetido ao site respectivo).


 Pirâmide do poder, um dos principais símbolos maçonicos,
erigida há pouco tempo na fronteira entre Egito e Israel.


Logo após a Loja (Maçônica) coar o Iluminismo, no fim do século 18, surgiu outra figura extraordinária na maçonaria. Seu nome era Albert Pike (foto, 1809-1891), e seu impacto sobre a maçonaria foi tão poderoso quanto o de Weishaupt. (...) Ele foi o "gênio mestre da maçonaria"... Manly P. Hall chama-o de "Platão da maçonaria". De fato, esse é um grande louvor, especialmente para um homem que exprimiu desdém pelo cristianismo, e que considerava Jesus um mestre cujo corpo está agora no pó. Hoje, a maior parte dos defensores da maçonaria está se afastando de Pike, visto que seus escritos, especialmente sua obra Moral and Dogma são excepcionalmente irritantes para alguém que tenta provar que a mçonaria é uma sociedade benevolente que não está em conflito com o cristianismo. (...)

Pike parece ter sido decisivamente influenciado pelo maçom e revolucionário italiano Giuseppe Mazzini (foto, 1805-1872). Mazzini e Pike eram os "gêmeso idênticos" malignos da maçonaria do século 19, com Pike dirigindo o espetáculo nos Estados Unidos e Mazzini na Europa. Ambos eram militantes com faro para a rebelião. Pike era um general do lado dos Confederados na Guerra Civil (Obs - Os "Confederados" foram uma aliança de alguns estados do Sul dos EUA, que eram escravocratas, isto é, defendiam a legitimidade da escravidão dos negros. Lutaram com Estados no Norte, que venceram a guerra civil americana, e surgiu o país Estados Unidos), apesar de ser um "ianque", nascido em Boston.


Mazzini formara na Sicília uma sociedade chamada Oblonica, que traduzido livremente significa: "Conto com um punhal". Como é típico dos maçons, Mazzini formou uma ordem dentro da ordem. Esse grupo de elite interior foi chamado por um termo muito mais familiar ao leitor - a Máfia!

Apesar da maior parte das pessoas saber o que a Máfia é, poucas perceberam que ela foi fundada coom uma organização maçônica terrorista. O nome Máfia emergiu por volta de 1860, e é um acrônimo para Mazzini Autorizza Furti, Incendi, Avvelenamenti - Mazzini autoriza roubos, incêncios, envenenamentos.
O toque dos Illuminatti(*) também é evidente na Máfia. Lembra da Lei dos Cinco(*) dos Illuminatti e do seu sinal - a mão com a palma para a frente e os cinco dedos estendidos? Alguns poderão lembrar que a Máfia foi conhecida por um outro termo: Il Mano Nigro - A Mão Negra! No apogeu da sociedade, os crimes da Máfia frequentemente foram selados por uma imprssão palmar negra na cena. como se alguém tivesse pegado sua palma, pressionado na tinta e feito uma impressão da mão na parede.

A Máfia tem também seus juramentos de sangue, seu códico de silêncio, a Omertá, e ela cuida dos que são seus. É uma organização maçônica ideal.

Pike, por outro lado, ajudou a criar o que eu chamo de "maçonaria percal": a Ku Kluz Klan! Pike, o antigo general confederado, foi um ardiloso estrategista que sabia que, se ele pudesse deixar uma sociedade terrorista secreta no sul para lutar contra a liberdade do povo negro como uma ação de retaguarda, a derrota do Sul não seria em vão.

Apesar de que estes fatos podem atordoar os maçons, a Loja sempre foi racista! Quase nenhum homem negro já foi admitido na Lojas porque entre as qualificações necessárias está que o canditado seja um "homem, nascido livre, de boa reputação e bem recomendado". Este é o que sifinifica o termo "livre" na maçonaria. (...) Esta regra manteve os negros de ancestrais escravos fora da Loja até cerca de uma década atrás. Os homens negros foram forçados muito na história dos Estados Unidos a gerar a sua própria adaptação da maçonaria, que é chamada de Maçonaria de Prince Hall.

Aliança impura

Em 1870, Pike e Mazzini completaram um acordo para criar o rito supremo, universal da maçonaria, que abarcaria todos os outros ritos, até mesmo os diferentes ritos nacionais. Ele centralizaria todos os altos organismos maçônicos no mundo sob uma cabeça. Essa cabeça, em última análise, é Lúcifer. Contudo, Pike e Mazzini seriam seus regentes humanos. Para este fim, o rito do Paladium foi criado como o pináculo da pirâmide do poder.
Domenico Magiotta, um maçom do 33º grau, escreveu:
"O Paladismo é um rito necessariamente luciferiano. Sua religião é neo-gnosticismo maniqueísta, o ensino de que divindade é dupla e que Lúcifer é igal a Adonai, com Lúcifer sendo o deus da luz e da bondade combatendo a favor da humanidade contra Adonai, o deus das trevas e do mal. [...] Albert Pike apenas especificou e desvendou os dogmas dos graus elevados de todas as outras maçonarias, pois, não importa qual seja o rito, o Grande Arquiteto do Universo não é o Deus adorado pelos cristãos.". (Lady Queesborough (Edith Starr Miller), Occult Theocracy, Christians Book Club of America, Los Angeles, 1933, p. 217.
Nota - G.A.D.U. é o nome de onde vem o "G", encontrado no meio de outra forte simbologia maçônica, o esquadro e o compasso.).
Por favor, note com atenção essa última declaração. A doutrina luciferiana , somos ensinados, está implícita nos graus mais baixos, e só torna-se um conhecimento explícito nos graus mais altos. O grau mais alto era o Paladium. (...) Apesar de alguns apologistas maçons como Arthur E. Waite afirmarem que não havia nenhum Paladium luciferiano sob Pike, seus protestos não têm consistência. O próprio Waite era um bruxo e ensinava as pessoas através dos seus livros como conjurar demônios e vender suas almas para o diabo!

Apesar de ele afirmar ser um "mago cristão" (?!?!?) de "luz branca", escreveu livros com títulos como "O livro dos pactos e da magia negra". Quão ingênuos eles acham que somos? Ninguém pode ser um mago cristão mais do que se pode ser um traficante de crack, cristão!

Fui trazido para a Loja Paladium (Rua Resurrection, nº 13), em Chicago, no final da década de 70, e recebi o grau de "Paladino" naquela loja em 1981 do filho e dum dos principais ocultistas do fim do século 19 - um discípulo de Aleister Crowley (conhecido satanista e maçon americano, fundador de um tipo de bruxaria chamado "thelema"). Evidentemente havia (e há) maçonaria de Paladium operando no século 20.

Envergonho-me de admití-lo, mas eu, eu mesmo, fiquei na Loja e uni-me na imprecação tradicional do Paladium, que é (traduzida do francês): "Glória e Amor para Lúcifer! Ódio! Ódio! Ódio a Deus, maldito! Maldito! Maldito!". Apesar de que não posso ter certeza absoluta, não tenho razão para duvidar da autenticidade da iniciação que recebi. Ela veio com certeza do fosso do inferno! (...)


"O morto poderoso"

O quê você poderia oferecer a alguém que já tenha alcançado o pináculo da maçonaria? Muitos, se não a maioria, já têm riqueza e poder. A única sedução adicional de poder seria esta antiga: "É certo que não morrereis [...] Como Deus, sereis conhecedores do bem e do mal" (Gn. 3:4-5).

A esses homens seria oferecida a imortalidade e uma sabedoria divina. Em comum acordo com a maior parte das outras religiôes do tipo gnóstico, o Paladium ensina que a serpente disse a verdade no Jardim do Éden. Basicamente, os candidatos são expostos no Paladium a um programa de cinco pontos (Aqui, resumirei o mesmo - nota pessoal):

1 - Adoção: É quando o maçom é trazido à comunhão com Lúcifer. (...) Em última análise, ele é levado a fazer um pacto com Lúcifer. (...) O maçom promete submeter-se de corpo, alma e espírito a Lúcifer, geralmente por um período de 7 anos. Em troca, Lúcifer promete conceder-lhe todos os desejos mundanos. Quando os sete anos terminarem, se ele foi um bom servo, Lúcifer lhe dará outros sete anos. Se ele falhar de algum modo, sua vida é tomada.

2 - Iluminação: Através de drogas e técnicas ocultas dos videntes, é aberto o asim chamado Terceiro Olho (...) chamado Ajna de Chacra. (...) Este é o motivo pelo qual um dos símbolos maçônicos é o "Olho-Que-Tudo-Vê". É um símbolo de "iluminação". (...)

3 - Conversação: Envolve comuncar-se com "O Morto Poderoso". Tanto a minha experiência pessoal quanto o testemunho histórico concordam que o espiritismo desempenha um parte significativa no Paladium. (...) Seres "sábios e poderosos" aconselharam-nos e ensinaram-nos como trazer mais perfeitamente nossos corpos e vontades sob a sujeição de Lúcifer.

4 - Relações sexuais: O iniciado é levado a casar-se literalmente com esses mortos. Geralmente isso era feito usando um médium do gênero apropriado possuído pelo "espírito do morto" (na verdade, um demônio), e então um casamento sacrílego era consumado. Acreditava-se que a "virtude" mágica do espírito fluía do médium para o iniciado através do íntimo. Algumas vezes um espírito de verdade era invocado usando o que é chamado de VIII trabalho (auto-abuso mágico) na esperança de que um súcubo (demônio "fêmea") ou íncubo (demônio "masculino") se manifestasse. A idéia era que a sabedoria e o poder divino gradualmente seriam, através de repetidas relações sexuais, totalmente infundidos na mente, corpo e vontade do iniciado. Uma vez que esse objetivo medonho seja alcançado, o iniciado é trazido para a:

5 - União: Neste ponto, a alma do iniciado é totalmente eclipsada pelo espírito maligno. Em outras palavras, virtualmente "não há ninguém em casa", exceto o demônio. Isso é conhecido como "possessão perfeita" e leva muitos anos convidando os demônios para vir e dominar a pessoa. Neste ponto, o indivíduo deixa de ser um indivíduo autônomo. Ele não é mais do que uma "luva" carnal com uma "mão" demoníaca interior controlando cada movimento seu.
Visto que o Senhor mostrou que o reino de Satanás não é dividido contra si mesmo (Mt. 12:25-26), podemos presumir que estes demônios querem cooperar para realizar seus alvos. Isto é verdade visto que Satanás não é um mestre amável e pode ser inacreditavelmente cruel quando pune a desobediência.

É através de pessoas como estas que a "Lei dos Cinco"(*), de Weishaupt pode ser utilizada. Os líderes observam o que entendem serem viradas no ciclo político e têm seus "santos" preparados para mudar-se para áreas-chave, agir sem compaixão nem nenhum migalha de humanidade. Esse "seres iluminados" consideram os humanos assim como consideramos o gado. Uma fome aqui, um massacre ali - o que são uma poucas centenas de milhares de vidas humanas comparadas à nobre causa de Grande Arquiteto? (...)

Como são marionetes, movem-se em uníssono, mentalizando um fim que transcende cada geração. Mesmo que morram em breve, as mentes-mestras demoníacas que os controlam irão continuar a viver, e garantirão para si mesmos novas "casas" na quais morarão (Mt. 12:45-46). Estes demônios não se importam se seus alvos levam gerações para serem atingidos. Acham que o tempo está ao seu lado. (...)
A experiência no caminho do mal

Não fui um maçom típico. Uni-me à Loja por sugestão dos meus mentores no ocultismo, porque eles entendiam que os graus da Loja seriam uma parte essencial da minha "evolução" espiritual. Fiz isso obedientemente, e fiz o meu máximo para ser um maçon fiel.

Fui instruído a tomar primeiro a senda do "Rito de York" (a maçonaria americana). Uma vez que tornei-me um "Cavaleiro Templário" (o equivalente ao 32º grau do Rito Escocês, que possui 33 graus), fui considerado "digno" dos graus maçônicos europeus. Meu progresso através destes degraus foi fértil, em iniciações estranhas, terríveis demais para relatar. Num endurecimento gradual da minha consciência, fui levado através dos ritos egípcios da maçonaria e recebi o grau 90, um nível que poucos maçons americanos até mesmo sabem que existe!

Ao mesmo tempo, trabalhava duro nas organizações maçônicas regulares. Eu queria servir, ee eles proveram a oportunidade. Fui oficial de praticamente todas as organizações maçônicas, exceto no Rito Escocês e no Santuário. A maçonaria havia se tornado uma parte importante da minha vida, especialmente porque eu tinha vindo a conhecer o verdadeiro segredo da Loja através do meu envolvimento como ocultismo nos cargos de alto nível.

Pelo caminho, conheci alguns outros "peregrinos" que estavam profundamente envolvidos com a maçonaria esotérica, mas a maioria dos maçons estava tranquilamente nas trevas quanto à "luz" que tinha. Eles nem mesmo sabiam qual era o segredo que guardavam tão cuidadosamente. Como operários de um projeto secreto, permitia-se-lhes saber apenas o mínimo necessário para trabalhar no sistema. Esses pobres homens, muitos dos quais frequentadores de igrejas, ignoravam a inteireza do quadro, e ficariam horrorizados ao aprender a verdade escondida por detrás das camadas de alegoria. Vamos tirar o véu deste "santuário" e expor as trevas da maçonaria!".
INFORMAÇÕES IMPORTANTES PARA PESQUISA
Obs.: Os dados fornecidos aqui incluírão as definições de alguns termos apresentados no texto acima, principalmente aqueles que precedem o (*)


"Os ´maçons livres´ originais eram pedreiros e que formaram uma corporação de ofício. O aumento nas construções de catedrais na Europa pela Igreja na Idade Média criou um mercado para construtores especializados. As associações de profissionais forneciam a garantia de que os artífices eram qualificados. Naqueles dias, praticamente todos eram iletrados, de modo que uma "carteirinha do sindicato" seria inútil. Todavia, visto que muitos pedreiros viajavam de cidade em cidade para trabalhar em catedrais, especula-se que os sinais da maçonaria eramusados para determinar o nível de competência de um trabalhador.


(...) Depois da queda dos Templários (ordem católica criada em 118 e extinta em 1311) , cavaleiros monges que, à princípio, presume-se que foram utilizados para proteger as caravanas de peregrinos a Jerusalém, na época dominada por muçulmanos, algumas idéias curiosas começaram a se refletir no trabalho dos artífices - de natureza claramente oculta. Olhe para qualquer grande catedral da Idade Média, como Chartres ou Notre Dame, e você encontrará obras primas de sua arte. Elas estão cheias de símbolos ocultos - gárgulas demoníacas, unicórnios e outras de fácil descrição. Por quê? (Vide foto: dois cavaleiros num só cavalo. Símbolo clássico dos templários, sinalizando o seu voto de pobreza. Apesar do voto, a ordem tornou-se riquíssima e foi acusa de conspiração, na França e em toda a Europa, sendo extinta no período do Concílio de Vienne. Este símbolo está presente em várias igrejas cristãs, de origem européia, indicando que os líderes destas igrejas devem pertencer à maçonaria).


Apesar de a Europa medieval ser católica, grande parte do povo comum era pagão - pelo menos na prática, quando não também em teoria. Muitas das festas, dos santos e até mesmo dos lugares das catedrais da igreja medieval eram na verdades, festas, deuses e lugares de adoração pagâos. A catedral de Notre Dame em Paris foi construída no lugar de um templo importante do deus de chifres da bruxaria, Cernuno. (...)


Os segredos (das construções) jamais poderiam ser escritos, em parte porque eram "sagrados" e eram comunicados apenas de ´boca em boca´e, em parte porque dificilmente algum dos pedreiros sabia ler. Muito do que se vê, especialmente no protal central de Notre Dame, são na verdade auxílios à memória, que os mestres mais velhos usavam para ilustrar seus segredos para os mais jovens no ofício. (Foto: Agnus Dei, ou Cordeiro de Deus. O cordeiro segurando a cruz é outro famoso símbolo templário, e posteriormente, maçon. Também está presente em várias igrejas cujos líderes participam de sociedades secretas. Estes símbolos ficaram mundialmente conhecidos com a divulgação de "O Código DaVinci", trama que culmina na capela de Rosslyn, Inglaterra, organizada sob os segregos ocultistas dos templários).


Eram charadas gravadas em pedra para durarem séculos! A maioria destas charadas não podia ser decifrada sem as chaves que era providas na iniciação maçônica. Ao adepto, a fachada revela os segredos supremos da maçonaria, o assim chamado "segredo-real" das fórmulas alquímicas.
(...) Até o século XVII havia só maçons operativos. Contudo, em cerca de 1600, a maçonaria começou evidentemente a iniciar não-construtores para as suas fileiras. Isso foi o catalisador final que trouxe a maçonaria moderna à existência. A maior parte dos maçons traça sua fundação á primeira Loja "Mãe", que se reuniu numa taverna em Londres, em 1717.


Em Concordância suas ligações com os templários, esses primeiros maçons reuniram-se em 24 de Junho de 1717, na festa de são João, o dia mais sagrado para os cavaleiros templários, e que também é um grande feriado satânico! Em 1726, essa loja tornou-se a "Grande Loja de toda a Inglaterra". A isso seguiram-se cismas entre outras "Grandes Lojas", tanto na Inglaterra como no restante da Europa. Em 1773, a segunda Grande Loja mais influente, o Grande Oriente, foi formada na França.
Isso nos leva a uma data muito importante na maçonaria moderna - 1º de Maio de 1776! Neste dia foi introduzido o elemento final da equação maligna da maçonaria. (O autor mostra e reafirma como as vertentes de cultos da fertilidade, do misticismo islâmico, da alquimia, dos templários e do rosacrucionismo combinaram-se com as corporações de pedreiros da Europa). A pedra fundamental do arco foi provida por um obscuro professor de direito canônico de formação jesuíta, que ensinava na Universidade de Ingolstadt, na Baviera, chamado Adam Weishaupt(*). Dia 1 de Maio (...) foi a data selecionada para a fundação da sua sociedade secreta, chamada ANTIGOS E ILUMINADOS VIDENTES DA BAVIERA (AIVB).

A origem dos videntes bávaros - ILLUMINATI - pode ser traçada até à seita muçulmana de iluminados do século 16, no Afeganistão, chamada Roshaniya. Vemos (...) a influência penetrante do islamismo nessas sociedades secretas. Weishaupt afiliou-se aos mçaons, entrando para a Loja de Munique em 1777. Ele trabahlou incansavelmente para enxertar o Iluminismo na maçonaria. Weishaupt fez parecer que a sua sociedade trabalhava com finalidades nobres, como a fraternidade da humanidade. (...)
Muitos acharam que o objetivo de Weishaupt era criar um império de "reis filosófos" geniais, com ele mesmo como o rei número um. O grau mais elevado da sua ordem era o de "Homem-Rei". Claramente ele pretendia promover um caos controlado, necessário para a revolução. De vários modos, a Revolução francesa e o Reinado de Terror (vide livros e referências históricas sobre este período) eram típicos dos planos de Weishaupt.


 Adam Weishaupt - Este é o fundador da organização tão falada e tão pouco conhecida hoje, intitulada "ILLUMINATI"

Lei dos Cinco

A imagem mais forte da feitiçaria iluminista é o sinal de Dagon (Nota: Observe que a maçonaria moderna surge no período conhecido como Iluminismo, movimento filosífico antropocêntrico, cujos valores humanistas foram levados a um radicalismo extremo, em detrimento da imagem e idéia de Deus). A mão estendida com a palma para a frente, os cinco dedos estendidos. Essa "Lei dos Cinco" pautou a história. Weishaupt ensinou que tudo ocorre em grupos de cinco.
 
O concílio confidencial original (dos Illuminati, ou "Iluminados") era composto de cinco homens (veja bem quem eram): Kölmer (amigo de Weishaupt), Francis Dashwood (do clube satânico "Fogo do Inferno"), Alphonse Donatién DeSade (de quem vem a palavra "sadismo"), Meyer Amschel Rothschild (fundador da grande casa bancária) e Weischaupt.

A história humana vem num ciclo de cinco estágios (isto foi reafirmado pela Teosofia, movimento esotérico do século XIX, dirigido por Helena Petrovna Blavatsky, fortemente anti-cristão, e um dos precursores místicos do Nacional Socialismo, conhecido como Nazismo). Os cinco estágios (MUITO POUCOS CONHECEM ESTAS INFORMAÇÕES):1. Caos (Verwirrung). O ponto de partida de todas as sociedades, e a condição da humanidade em seu estado "natural". Relaciona-se à adoração de deusas da antiguidade, como Lilit (na mitologia esotérica hebraica, a primeira mulher de Adão), Eris, Diana ou Cali.2. Discórdia (Zwietracht). Aqui, de acordo com o ensino de Weishaupt, uma classe dominante emerge e apodera-se do controle. Isso causa problemas porque o "povo-comum", que não está no topo, ressente-se da imposição de autoridade sobre eles e tenta combatê-la. Weishaupt relacionou este período com a introdução (ou ´imposição´) da adoração de um Deus masculino, como o Deus da Bíblia (também Marduque ou Osíris).3. Confusão (Unordnung). Weishaupt viu este período como um tempo em que as pessoas tentariam restaurar o equilíbrio entre as duas forças precedentes. (...) É uma tentativa de reprogramar a natureza humana e fazê-la encaixar-se no estágio 2. Ele relacionou este período com o deus-criança (Loqui, Horus, ou algum demônio).4. Burocracia (Beamtenherrschft). (...) Neste estágio, todas as coisas precisam ser obcessivamente acompanhadas, pois o povo não consegue tomar conta de si mesmo. Weishaupt acreditou que havia um vazio espiritual neste estágio, e que absolutamente nenhuma divindade seria recorrida. O único deus passa a ser a burocracia dominante. O povo não pode suportar este vazio e parte a fantasia, drogas ou loucura. (...) É nesta fase que ocorre a destruição da classe média. Sem a classe média para gerar capital, a inteira desordem acaba no...5. Resultado (Grummet). Este, ensina o líder dos Illuminati, é a implosão da sociedade - a volta ao caos. A burocracia sucumbe sob o peso dos seus próprios regulamentos e as coisas fogem ao controle. A magia e a natureza voltam a dominar, e o ciclo prepara-se para recomeçar. Daí vem o 32º do Rito Escocês: "Ordem do Caos".


(...) Não tivesse Deus interferido toda a Europa bem que poderia seguido o caminho da França e do "Terror" subsequente. A infiltração de Weishaupt na maçonaria poderia ter sido completa se um mensageiro da AIVB não tivesse sido derrubado do seu cavalo e morto por um raio em 1785. O mensageiro transportava papéis escritos com códigos do Iluminismo, que tratavam dos planos da AIVB para subverter os maçons e os governos da Europa.

A ordem foi descoberta pela polícia e a ordem tornou-se clandestina. Mas ninguém realmente sabe o quanto a AIVB conseguiu penetrar nas lojas, de modo que hoje há muita polinização cruzada entre o Iluminismo (leia-se Illuminati) e a maçonaria. Tanto o Grande Oriente (há vários ligados ao Grande Oriente, formando uma federação no Brasil) quanto os ritos ocultos de Memfis-Mizraim (maçonaria egípcia) apresentam influências da mão de Weishaupt.



George W. Bush, quando assinou o School Proclamation, em 2000. Na ocasião, ele está rodeado de líderes maçons. Bush, desde a universidade, faz parte de uma sociedade secreta chamada "Skull and Bones" (Caveira e Ossos). Participações de vários líderes e personalidades políticas importantes foram filmadas no Bohemia Grove, no Club Bohemia, em São Francisco. Os cultos giram em torno de uma coruja gigante. Na mitologia maçônica, a coruja é o símbolo da sabdoria. A sociedade secrete "Skull and Bones" está diretamente ligada à AIVB, os iluministas da Bavária. Um dos expositores do que acontece ali foi Alex Jones, e suas revelações foram veiculadas em programas como "Good Morning, America", "60 minutes", e em canais como o Discovery Channel e o A&E.


O Chanceler Alemão Helmut Schmidt palestrou para a elite do mundo em um local apropriado para palestras no lago (em 1991).Helmut Schmidt, na sua auto-biografia “Homens e Poderes”, a retrospectiva política, disse que é membro do Conselho das Relações Estrangeiras, da Comissão Trilateral e do Grupo Bilberberg. Ele também disse que tem sido um participante ativo em trazer um governo no mundo.O senhor Schmidt também disse no seu livro que os líderes dos corpos globalizados vem sempre para o Bosque todo verão. Ele falou sobre bosques secretos na Alemanha onde eles fazem rituais druídicos, mas indicou que o Bosque Bohemian é o seu lugar favorito para participar desses rituais.


Estranha cerimônia no Club Bohemia, do qual são sócios vários ex-presidentes americanos, e o atual. Observe que os participantes do culto estão fazendo invocações em frente a uma coruja gigante, símbolo de sabedoria em religiões de mistério. De acordo com o site Jesus is Savior, várias espécies de sacrifícios acontecem ali. Um reduto exposto de expoentes máximos das sociedades secretas cujos discursos, recentemente divulgados na imprensa, demonstram claramente que os intuitos de vários dos principais governos do mundo é a instituição de uma Nova Ordem, o que balisa as teorias conspiratórias. Se tudo é tão bom e correto, porque a necessidade de tanto segredo? Por que líderes assumidamente cristãos e várias personalidades influentes e extremamente poderosas estão se reunindo, vestindo roupas estranhas, ao redor de uma coruja gigante, evocando práticas pagâs? Que forças estão atuando nestes encontros? Quais seus objetivos?


George W. Bush numa foto com alguns membros da "Skull and Bones" - Note o símbolo estranho da caveira e os ossos ao meio. Esta foto "embaraçosa" do atual presidente estadunidense é pouquíssimo conhecida!! A sociedade é formada por jovens ricos, com famílias de renome, e seus adeptos têm de preencher postos-chave na geopolítica americana.
Parece que Weishaupt deu asas às ambições geo-políticas des maçons de uma forma não vista desde os templários. Apesar de que a maçonaria sempre teve seus envolvimentos com a política, o uso que Weishaupt fez da Lei dos Cinco, das drogas e das intrigas do ocultismo serviu de alavanca para as correntes malignas da Loja. Esta fusão final da política com a bruxaria criou a maçonaria que conhecemos hoje.".
Por Bill Schnoebelen 


Referências
1. William Schnoebelen (foto), autor de vários livros, dentre eles "Maçonaria - do outro lado da luz". William ou Bill Schnoebelen foi maçon e bruxo, por vários anos. Atualmente, dá palestras sobre o tema, além de dirigir o With one accord ministries

2. A. C. de LARIVE, La femme et l´enfant dans la Franc, Maçonnerie Universelle, Paris, 1889, p. 588.

3. Charles W. HECKETORN, The secret societs of all ages and contries, University Book, New Hyde Park, NY, 1966, p. 279, 305-306.

4. A. Ralph EPPERSON, The unseen hand: an introduction to the conspiratory view of history, Publius Press, Tucson, 1985, p. 223.

5. Lady QUEENSBOROUGH, (Edit Starr Miller), Ocult Theocracy, Christian Book Club of America, Los Angeles, 1933, p. 217

6. William SCHNOEBELEN, Wicca: Satan´s little white lie, Chick Publications, Chino, 1990, p. 116-117.

7. Nesta H. Webster, Secret societs and subversives moviments, Britons Publishing Co., London, 1964, p. 235.
8. Jesus is Savior (website em inglês).
9. Fim dos Tempos (website em português).


FONTE:
http://www.ievca.com.br/index.php?view=article&catid=61%3Aapologetica&id=204%3Auma-historia-do-oculto-nao-trivial-sobre-a-qual&option=com_content&Itemid=49

___________________________



Os Illuminati da Bavária – esse é mesmo polêmico. O tema está um pouco saturado com a grande quantidade de videos no YouTube, dentro do estilo conspiracionista, e a exploração em programas de TV ligados ao realismo fantástico, mas não deixa de ser interessante. Só gostaria de acrescentar algo sobre o segundo grupo Illuminatti e, assim, corrigir um erro histórico que muitos ainda não perceberam. São dois os grupos que se intitulam Illuminati. O primeiro é o do texto, o Illuminati (com apenas um T) da Bavária, criado por Adam Weishaupt, que pretendia ascenção e dominação econômica. O segundo é o Illuminatti (com dois T), supostamente fundado por Sir Francis Bacon, magistrado e filósofo da corte elizabetana. Segundo consta em “Francis Bacon: The State and the Reform of Natural Philosophy (Julian Martin, 1992)”, Bacon seria o pai da ciência moderna e reuniu, naquela época, um grupo de intelectuais e nobres para se dedicarem a estudos visando à reforma das artes, política, ciência e literatura, em busca de maior refinamento. Seu método de pesquisa científica foi publicado na obra “The Advancement of Learning” (1605 – reedição Oxford, 2000). Costuma-se ainda relacionar Francis Bacon como o líder dos rosacruzes da Inglaterra, fato porém jamais provado historicamente. O grupo Illuminatti de Bacon teve certa importância histórica como um dos embriões, na Europa, do movimento conhecido mais tarde com o nome de Iluminismo. Há, portanto, um crasso erro histórico dos escrevedores de videos no YouTube (muito comentado nas Faculdades de História e Literatura) que pretendem relacionar o grupo de Weishaupt com o de Bacon. Fato que seria improvável, senão impossível, haja vista que Bacon morreu em 1626, ao passo em que Weishaupt só viria a nascer, mais de um século depois, em 1748. Portanto, não viveram na mesma época. Abraços.


Por: Rizzelli em 23 março, 2010

 

http://blogdocorvo.wordpress.com/2010/03/11/os-illuminati-e-a-maconaria-moderna/


Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 15:37

ORIGENS ISLÂMICAS DOS ILLUMINATI

Sexta-feira, 15.07.11
 
 


Quem fundou os illuminati? Adam Weishaupt na Baviera em 1776 ou Hassan Isabbah em 1090 ?
Os illuminados, segundo acreditavam serem iluminados da luz de lúcifer.
Weishaupt ( 1748-1830) era um maçon ( membro da maçonaria) de ascendência judia
.


A maioria de sites , revistas e livros sobre illuminatis dizem que a ordem foi fundada em 1776 por Adam weishaupt, no entanto este ano ao ler "O livro dos Illuminati" de Robert Wilson ele diz que a Ordem fundou-se em 1090 por Hassan Isabbah.
Creio que nunca poderemos ter certeza absoluta, pois a origem desta controversa seita é muito antiga e as informações nem sempre coincidem.
Os líderes da Revolução francesa eram Maçons e Illuminati, ou os agentes deles e seguidores, levando a cabo um plano secreto para subverter as monarquias de Europa e a religião Cristã.

Teriam aberto 
lojas na Alemanha, Áustria, Itália, Hungria, França e Suíça.

Illuminati, Maçonaria e ainda outras seitas são tentáculos do mesmo monstro.

Actualmente essa ordem está espalhada por todo o mundo, muitos membros dos governos são membros, assim como são da maçonaria.
-A Real origem dos Illuminati ?  Robert  Wilson conta que  em 1090  Hassan I sabbah  fundou a seita  Ismaelita , ou Haxixinos  (  a origem da palavra assassinos vem daí ). Eles usavam o haxixe  (derivado da planta canabis ) , o culto aterrorizou o mundo muçulmano  até os mongóis de  Gengis imporem a lei e a ordem na zona.
Encurralados no seu refúgio nas montanhas , os Haxixinos, caindo de drogados, não conseguiram oferecer resistência aos saudáveis guerreiros mongóis.  Mas os cabecilhas do grupo fugiram para o Ocidente.
Os illuminati buscam a "imortalidade" espiritual através de práticas de magia negra, incluindo sacrifícios humanos.
Mais tarde, ( em 1776) foi Adam Weishaupt , um estudante do ocultismo, que renovou essa ordem illuminati, ele estudou os encinamentos de Hassan I Sabbah , cultivou também marijuana no quintal, através de alguns estudos (e da marijuana também) consegiu a "iluminação" (reparem que puz aspas), fundando a ordem "Os antigos sábios iluminados" da Baviera (Alemanha) no 1º de Maio de 1776.
Curiosamente o 1º de Maio é o dia escolhido para celebrar o dia do trabalhador, porque será?                                                  Louis Blanc na sua obra "Histoire de la révolucion Francaise" qualifica Adam Weishaupt como "o mais profundo conspirador".
Robert diz ainda que a famosa Helena Petrovna Blavatski (fundadora da Teosofia) também nascida na Alemanha, era feiticeira e aliada dos Illuminati.

Robert Wilson diz que:

Esse símbolo é tão real que podem vê-lo nas notas de 1 dólar. (símbolo introduzido por Franklin Roosevelt em 1933). Roosevelt foi presidente dos EUA, um dos 13 presidentes que eram maçons.
Uma das teorias aponta que a utilização destes símbolos ocultos no dinheiro serve para  a "fantasmagoria" do monopólio que o Estado  detém sobre a energia psíquica. O símbolo condicionado (dinheiro-símolo)  controlaria  totalmente o nosso bem-estar mental. Uma coisa temos que admitir, o dinheiro afecta-nos psiquicamente, quando estamos sem dinheiro começamos a ficar deprimidos "como pagar as contas?" "será que chegará ao final do mês?", etc, etc..
-O cidadão capitalista aprende neurológicamente que dinheiro equivale a segurança e falta de dinheiro a insegurança.
 .  .     . .     .         .
Por cima da pirâmide consta a frase em latim “Annuit coeptis” (ele tem favorecido os nosso empreendimentos) ele,
provavelmente : luçifer, o arquitecto, o olho-que-tudo vê.
O olho significaria também uma alegoria à capacidade deles estarem simultaneamente em todo o lado. (por exemplo com sistemas de escuta, sistema echelon, etc.).


Abaixo da pirâmide poder ler-se “ Novus ordo Seclorum” (a nova ordem dos séculos) ou seja A Nova Ordem Mundial. Pegue uma nota de 1 dólar e verá que é mesmo verdade.
A pirâmide dividida em duas :
Ela constitui-se de 72 blocos de pedra. Alguns dizem que seriam os 72 degraus da escada de Jacob, estando assim relacionados  com o judaismo e a tradição cabalística. Por outro lado, a pirâmide não está terminada, o que poderia interpretar-se como uma chamada de atenção para o futuro . ( Eles iriam fazer algo mais).
A fénix:
Foi a figura alada impressa nos primeiros dólares, mas em 1841 foi substituída pela águia, um símbolo solar egípcio.
Acima dela estão 13 estrelas correspondentes aos 13 estados de então. Essas estrelas ,com as suas cinco pontas, são um
simbolo maçónico.
Ela tem 9 plumas na cauda, correspondendo aos graus do ritual maçónio de York.
As asas exibem respectivamente  32 e 33 penas, aludindo assim aos graus do rito Escocês.
Na pata esquerda segura 13 flechas, indicando acção e transmutação.
No bico ela segura um pergaminho no qual em latim se lê "et pluribus unum", uma alusão à necessidade de integrar e agrupar os membros das antigas colónias que agora constituiam uma só nação. Fazer todas as nações uma só.

 No livro dos Illuminati ( Robert Wilson) ele diz que: 0,5 da população detém 70% da riqueza, deixando os outros 99,5 da população competindo violentamente pelo restante (30% da riqueza).

Os illuminati escreveram a História muito antes dela acontecer, uma das evidências é um jogo rpg (role playing game, jogo de interpretar ) criado por
Steve Jackson e lançado em 1995. Esse jogo “INWO” (Illuminati new world order) illuminati a nova ordem mundial, inclui 9 cartas que descrevem factos que aconteceriam na História, eventos envolvendo bio terrorismo, desastres, anarquia, etc.

Não significando que ele fosse illuminati, mas conhecia os planos deles, tanto que foi visitado pelos serviços secretos, os quais tentaram impedir o lançamento desse jogo.

(mais dados em http://www.sjgames.com/inwo/ )

A carta mais surpreendente é a do ataque terrorista, repare que o jogo foi distribuído em 1995, e já predizia o atentado ás torres gémeas.



.  .    .  
    Na imagem podemos ver que inicialmente uma torre é atingida.     No canto inferior esquerdo, num edifício podemos ver o  símbolo
   illuminati
(uma pirâmide pequenina).
.     .     .    
     Outra das carta é horrivelmente precisa, O Pentágono .

    Repare na imagem, apesar das chamas o pentágono está       .praticamente intacto, como ocorreu a 11 de Setembro de 2001.

Derrame de óleo da BP :
O Forte Sismo no Japão, 11-Março de 2011:
Uma das consequências , além dos mortos, foram as explosões na central nuclear.. LINK AQUI.
Agora vejam esta carta, de 1995:
Agora restam algumas cartas por “realizar”, ou seja, algo mais vem por aí, uma delas retrata o Empire State Building.
Recordo-me quando Bush falava da invasão do Iraque, a guerra contra o terrorismo, ele disse que Os fins justificam os meios, ora essa famosa frase foi criada por Adam Weishaupt, na sua juventude jesuíta.

Allan Chapman,
 um dos investigadores não-oficiais do assassínio de John Kennedy,
 disse ao jornal "New Yorker" acreditar que
os illuminati existem realmente.

Voltando a Robert Wilson, ele no seu livro interpreta as iniciais de algumas famosas cadeias de Televisão, certamente elas não se traduzem oficialmente nessas palavras, mas quem sabe o significado dos seus nomes seja real mas apenas esteja oculto ao povo?
Robert diz que:
NBC significa: New Bavarian Conspiracy. (Nova conspiração Bávara ).
CBS significaria : Conservative Bavarian Seers . ( Videntes conservadores Bávaros ). (O logotipo da cbs curiosamente é um olho)
ABC significaria: Ancient Bavarian Conspiracy ( Antiga conspiração Bávara ).
Uma coisa é certa, eles controlam os média, recordo-me na rtp2 ter visto o antigo mestre do Grande Oriente Lusitano (maçonaria) dizer que têm membros na imprensa, e no livro de Oswald Le Winter (ex agente CIA) "Democracia e Secretismo"  consta uma lista de bilderberguer's Portugueses incluindo Pinto Blasemão ( dono da televisão Sic, e de jornais).
Illuminati, iluminados ou falsos iluminados?
Como diria Buda (Siddartha Gautama) : "Duvidem, e descubram a vossa própria Luz ".
Não deixe de ver os simbolos illuminati disfarçados que reuni nestas páginas Leia ainda o meu texto "Como os illuminati tentam controlar o povo"

A estrutura dos illuminati :

As seguintes informações, são do livro de René Chandelle, "Os illuminati e a grande conspiração Mundial...."
Editorial  Estampa.

Pág. 59:  excerto :   
[...] " É redigida a Declaração de Independência dos Estados Unidos.
A 4 de Julho de 1976, as treze colónias britânicas da América do Norte declaram-se soberanas e independentes, sob uma forte influência e participação de Maçons e Illuminati.

Pág. 62,
Adam  Weishaupt, fundador da ordem dos iluminados da Baviera, tinha cinco objectivos essenciais, irei resumir os mais importantes.

Fim dos Governos :
Erradicar e abolir as monarquias ou outra forma de governo que não se ajustasse aos seus preceitos. Para isso, os membros da
seita , valendo-se do seu poder económico, social e político, teriam a missão de originar os conflitos que fossem necessários.
Só havia lugar para um governo, o deles.

Fim das propriedades:
O  objectivo consistia em conseguir que o poder económico residisse nos membros da irmandade e nas redes que esta gerou.
A propriedade privada e os direitos sucessórios correspondiam, portanto, a um perigo.
Os illuminati encarregar-se-iam de ocupar os postos de controlo de onde seria manobrado o poder económico.

Fim do conceito de nação:
Era preciso erradicar a multiplicidade de nacionalidades. Era melhor um grande império, uma grande pátria,, do que muitas difíceis de controlar.
Eliminar-se o conceito de patriotismo e nacionalismo. O objectivo era encontrar uma nova ordem mundial.

Fim da família:
Os illuminati  não acreditavam no matrimónio, nem no conceito cristão de família, nem nos sistemas educativos.
O objectivo era falar de famílias livres,  nas quais o amor ou o desejo de união entre duas pessoas devia prevalecer sobre o vínculo sacramental marcado pela igreja.
A educação deveria ficar reservada a sistemas comunitários em que os educadores tivessem sido previamente formados por membros da Ordem illuminati.

Fim das religiões:
As crenças religiosas e espirituais eram consideradas como uma forma de distracção, ao mesmo tempo que um perigoso elo com o poder inimigo. Erradicar as religiões significava conseguir que apenas as ideias da sociedade secreta podiam servir de esperança e consolo na vida.

.......................
Os illuminati não se extinguiram isso é falso.
Na pág. 63, pode ler-se:
[...] " O facto do grupo ter sido oficialmente dissolvido permitiu-lhe prosseguir as suas actividades de forma ainda mais clandestina e sem a preocupação de ter de demonstrar que não existia."


Pág. 71
[...] Napoleão era membro da loja maçónica de Hermes ... [...]
O futuro ?Na pág. 91 do livro, pode ler-se:
« O terceiro grande conflito, que envolverá todas as culturas do mundo, foi programado através de uma carta, a 15 de Agosto de 1871, por dois membros da sociedade secreta dos Illuminati, hoje guardada no Museu Britânico de Londres.
( portanto é real ).
Não é a única, das muitas que se cruzaram.
Albert Pike e Giuseppe Mazzini eram membros importantes dos Illuminati que mantinham uma correspondência regular, através da qual conspiravam.
Albert Pike, autor da carta em questão, era também um Maçon. Também foi fundador da seita Ku Klux Klan.
Giuseppe, esteve ligado à sociedade secreta dos carbonários.

Albert Pike escreveu em 1871
A terceira guerra mundial deverá ser fomentada através do aproveitamento dos diferendos promovidos pelos agentes dos iluminados entre o sionismo político e os dirigentes do mundo muçulmano.
A guerra deve ser orientada de tal forma que o islão e o sionismo político se destruam mutuamente, enquanto outras nações se vêem obrigadas a entrar na luta, até ao ponto de se esgotarem física, mental, espiritual e economicamente..[...] "

Mais sobre os illuminati:
Podem ler no blog realidade oculta, fazendo uma busca no sistema de busca do blog, ou nestes links directamente:
http://r-oculta.blogspot.com/2005/04/os-illuminati.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/12/mais-um-simbolo-illuminati.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/09/9-passos-para-os-illuminati-no.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/12/outro-simbolo-illuminati.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/09/illuminati-pandemia-gripal.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/07/semelhanas.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/12/olho-vermelho-no-espao.html
http://r-oculta.blogspot.com/2005/04/ratz-inger.html

Pagina com várias imagens e símbolos illuminati disfarçados...






Voltar a Sociedades secretas Voltar a Menu principal Voltar a Nova Ordem Mundial
         Nova ordem Mundial , Index , Illuminatis , Implante , Sociedades secretas , Al-qaeda , Noticias , Enigmas , Alunagem , Ambiente , Marte , Ovnis , Iraque , Bush , WTC ,  Downloads , Links ,
 Maçonaria ,  Bilderbergs , Skull and bones ,Templarios ,  Crop circles Abdução ,Relatos ovni , Area 51 , Roswell ,  Faq ,Saúde , Haarp ,   Chemtrails , Visão remota , Echelon , CIA ,
         Anti céptico ,
 Defesa , Defesa pessoal , Diversos , Leitores , Privacidade zero , Programados , Segurança , Tamiflu , Dinheiro ,  Bin laden , Carlyle , Clima , Controle global , Diabo ,  documentos ,        Governantes ,  Governo ,  Bob lazar , Olho illuminati , Mapa do site , Vaticano ; Armas silenciosas, Protocolos de sião


http://www.realidadeoculta.com/illuminati.html

Tanto a bandeira dos Estados Unidos como a pirâmide illuminati têm treze divisões horizontais, e o treze é também o código tradicional da marijuana, sendo ainda usado nesse sentido pelos Hell's  Angels, entre outros.
Bem eu fui verificar se bate certo, vejam as imagens abaixo.
     Treze divisões  
Um dos símbolos mais famosos é a pirâmide com o olho-que-tudo vê (olho de luçifer)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 14:54

A HISTÓRIA SUPRIMIDA DO PLANETA TERRA

Quarta-feira, 06.07.11


[Error: Irreparable invalid markup ('<img [...] m$>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

<div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div class="separator" style="clear: both; text-align: center;"><a href="http://www.robertghostwolf.com/boris23.jpg" imageanchor="1" style="margin-left: 1em; margin-right: 1em;"><img border="0" height="400" m$="true" src="http://www.robertghostwolf.com/boris23.jpg" width="321" /></a></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><b><span style="color: maroon;">"Estou convencido de que qualquer visão do universo que não nos deixa </span></b><span style="color: maroon;"><b>chocados não tem importância para nós"</b></span></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><img border="0" height="7" src="http://www.umanovaera.com/reptilianos/line.jpg" width="100%" /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><div align="center" style="margin: -7px 7px -5px 89px;"><br /></div><center></center><div align="center" class="MsoNormal" style="margin-bottom: 0px; margin-left: 89px; margin-right: 7px;"><b><span style="font-family: arial; font-size: x-large;">A História Suprimida do Planeta Terra</span></b></div><div align="center" class="MsoNormal" style="margin-bottom: 0px; margin-left: 89px; margin-right: 7px;"><b><span style="font-family: arial; font-size: small;">Arquivado 27-10-99<br />Número do Arquivo# r102799b<br />Doado por L. Savage</span></b></div><div align="center" class="MsoNormal" style="margin-bottom: 0px; margin-left: 89px; margin-right: 7px;"><b><span style="font-family: Arial; font-size: x-small;">(Traduzido do site http://www.reptilianagenda.com/research/r102799b.shtml)</span></b></div><div align="center" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="center" class="MsoNormal" style="margin-bottom: 0px; margin-left: 89px; margin-right: 7px;"><img border="0" height="7" src="http://www.umanovaera.com/reptilianos/line.jpg" width="100%" /></div><div class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="center" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><img border="0" height="65" src="http://www.umanovaera.com/reptilianos/A_Agenda_Reptiliana.jpg" width="475" /><span style="mso-spacerun: yes;"> </span></div><div align="left" class="MsoNormal" style="margin-bottom: 0px; margin-left: 89px; margin-right: 7px;"><b><span style="font-family: arial; font-size: small;">Condensado do trabalho de Robert Morning Sky: “Documentos da Terra: A História Secreta do Planeta Terra”</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Parte 1 - Introdução</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Eu me chamo  “Morning Sky” ( Estrela da Manhã).  Cresci ouvindo as histórias que meu avô contava sobre um Ser do Espaço que ele ajudou a resgatar. Meu avô era um dos seis jovens Nativos Americanos que testemunharam o acidente com uma espaçonave em 1947, pouco depois do agora famoso incidente de Roswell.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Quando eles chegaram ao local, acharam um dos seres ainda vivo. Eles o tomaram consigo para seu acampamento, esconderam-no e cuidaram dele para que se restabelecesse. Chamaram-no “Ancião Estelar” (“Star Elder”), por respeito; mas com o passar do tempo ele revelou seu nome. Chamava-se Bek’Ti. Revelou a eles a história da Raça Humana e do Planeta Terra.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">No final dos anos 60, quando eu comecei a faculdade, me entretia com a possibilidade de que estas histórias pudessem não ser verdadeiras. Assim, envolvi-me em Estudos Religiosos, um programa de estudos independente que poderia me permitir ter a oportunidade de pesquisar antigos arquivos para provar ou negar as muitas histórias do Ancião Estelar.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Submeti ao meu Professor de Estudos Religiosos uma tese que era uma síntese dos meus três anos de pesquisa. Chamava-se “Terra, a História Oculta do Planeta Terra”. Em poucos dias ele o rotulou como “um trabalho de blasfêmia e ultraje!”. Isto quase me fez ser expulso da escola.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Não tendo tido sucesso no campo acadêmico, decidi contactar organizações e pesquisadores sobre UFO então existentes. A resposta geral foi rotular o trabalho como “um material mitológico e de lendas dos Nativos Americanos, não adequado para estudos sérios de fenômenos científicos”.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">A rejeição total fez com que eu ficasse muito irritado. Por aproximadamente trinta anos eu me recusei até mesmo a pegar um livro sobre UFO ou Fenômenos da Nova Era. Eu religiosamente me recusava a ler ou ouvir o que havia lá fora.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">As circunstâncias mudaram. Meu avô se foi, mas não sem antes me arrancar a promessa de tentar contar a história mais uma vez.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">A História da Humanidade e da Terra, como revelada por Bek’Ti é tanto excitante quando apavorante. A Criação do Homem e seu lugar na galáxia é tornado claro, mas no processo tanto a nobreza quanto o orgulho do Homem ficam feridos. O fenômeno da abdução e seres cinzentos observadores são partes integrais da história da Raça Humana, e explicadas contra o que é dito dos propósitos dos Seres das Estrelas para a Raça Humana.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">As fontes das religiões dos Homens e as origens de figuras legendárias como Zeus, Osíris, Ísis, o Minotauro e um número de outros seres “mitológicos” são explicados e também colocados no referencial da História da Terra.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Parte 2 – A História da Criação do Homem</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Em nossa galáxia existem bilhões de Seres das Estrelas. As raças humanóides são a regra, não a exceção. Estas raças descendem de muitas formas de vida: répteis, insetos, dinossauros, pássaros e outras formas de vida que a humanidade nem consegue começar a imaginar.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Uma das mais antigas Raças das Estrelas neste setor do Universo é a reptiliana Ari-An, a qual descende dos ancestrais dinossauros no sistema de estrelas de Órion. Governados por rainhas, criaram o mais poderoso império da galáxia. Os guerreiros Ari-An eram inigualáveis em ferocidade e bravura, e o Império Ari-An insuperável em poder e tamanho.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Milhões de anos de incontáveis batalhas tinham permitido a esse Império desenvolver estratégias avançadas de guerra. Entre estas, os Ari-An praticavam “condicionamento” ou “reprogramação” para controlar populações conquistadas e fazer delas propriedades em vez de responsabilidades. Os inimigos tornavam-se servos obedientes do trono das rainhas reptilianas. Desta forma os Ari-Ans eliminavam a resistência.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Uma evolução inesperada de outra raça no Sistema Estelar de Sírius tornou-se uma ameaça ao Império Ari-An. Mesmo não tão antiga ou evoluída como a dos reptilianos, os guerreiros do Império Kanus, uma raça canina (similar aos lobos) preencheram suas  falhas com sua ferocidade. Mesmo o mais disciplinado dos guerreiros Ari-An temia estes cruéis e bárbaros guerreiros Sirianos, que paravam para devorar a carne de seus inimigos no campo de batalha.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Um rápido avanço dos guerreiros Sirianos ameaçou a existência do Império Ari-An. Como resultado as rainhas procuraram os reis de Sírius para oferecer uma aliança. Um tratado foi acordado, de acordo com o qual ficou delineado quais setores da Galáxia deveriam ser regidos por cada império, e por algum tempo, os guerreiros de ambos os impérios lutaram lado a lado.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Com o nascimento de um novo sistema o Rei de Sírius foi rápido em reclamá-lo. Assim que os sirianos começaram a explorar seus recursos, este novo sistema tornou-se um posto avançado tanto para o Império Ari-An como para o Império Siriano, e o poder e a riqueza de ambos continuou a crescer. Mas eventualmente a guerra começou novamente, dessa vez entre Reis Sirianos rivais. No final, as forças Ari-An se juntaram ao Rei An. Mundos inteiros mantidos pela oposição foram totalmente destruídos, incluindo suas luas e colônias.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Muito mais tarde, o Rei An mandou seu filho, o Príncipe Ea e sua filha, a Princesa Nin-Hur-Sag (ambos cientistas geneticistas) para reconstruir o mundo destruído de Eridu, e mais uma vez explorar os recursos necessários e valiosos achados lá. Eles restauraram com sucesso a atmosfera; colocaram vida nos mares; recriaram plantas, árvores e flores; e hibridizaram diferentes tipos de seres. O planeta Eridu (Terra) renasceu.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Novas criaturas foram produzidas para habitar o planeta. Uma destas criaturas, Apa-Mus, era um híbrido macaco-besta cujo único propósito era o de servir e ser escravo nos campos e minas. Mas este animal era diferente dos outros, Ele podia entender ordens e podia se comunicar. A Princesa Nin-Hur-Sag tinha construído geneticamente o macaco-besta híbrido usando seu próprio DNA.  A inteligência das bestas aumentou e começaram a se multiplicar rapidamente e a ensinar sua própria prole.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Quando outra espécie de trabalhadores criados geneticamente, os intraterrenos Sheti Lizards (Lagartos), revoltaram-se e tomaram o poder, os governantes dos Seres da Estrelas debandaram do planeta. Com a oposição fora do caminho, os Sheti usaram controle da mente e técnicas de programação que aprenderam de seus mestres para alterar as memórias dos descendentes remanescentes dos Seres das Estrelas. O conhecimento da raça humana sobre Seres das Estrelas foi substituído por mitos e lendas.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">A dominância Sheti foi e continua a ser desafiada por muitas outras raças das estrelas tentando reconquistar o controle da Terra – e da raça Humana – para seus próprios propósitos. A luta pelo poder continua.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Parte 3 – Tentativas de Golpe – Passado, Presente e Futuro</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">A raça reptiliana Ari-An tem feito várias tentativas para derrubar o atual poder na Terra. No começo do século 20, o movimento global Ariano quase teve sucesso na conquista de um mundo “dócil”. Se, como o autor sugere, eles estão continuando com seus esforços, novos movimentos irão aparecer nos grupos de supremacia. Répteis aparecerão em todos os setores da mídia como seres amigáveis ou heróicos, lutando em favor do homem. Super-heróis reptilianos se tornarão modelos para crianças.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Levantes religiosos têm vindo à cena através da História da Terra pelos sirianos. A Inquisição, as Guerras Papais, os numerosos “Messias” e “visões milagrosas” têm sido fabricados para trazer a raça humana de volta à sua influência. Se eles também estão tentando assumir o controle da Terra, como o autor sugere, então um retorno ao fundamentalismo também ocorrerá, assim como um aparecimento crescente de anjos e ocorrências milagrosas.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Padrões mostram esforços contínuos para direcionar o povo do Planeta Terra e também para predizer eventos vindouros: A Raça Humana será logo rodeada com imagens de asteróides e de cometas ardentes caindo. Porcos negros serão vistos em todas as partes do mundo, assim como figuras angelicais e milagres. Dinossauros irão tornar-se os heróis das crianças e a violência será a base de suas brincadeiras. Aparecerão novas doenças transmitidas através do ar, imunes aos tratamentos existentes. A NASA tornar-se-á fraca e impotente ou terminará.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Uma guerra galáctica de conquista acontece violentamente sobre nossas cabeças. A Terra – e o Homem – são o prêmio.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Círculos nas Plantações – Comunicações Visuais</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Em uma tentativa de se comunicar com os descendentes dos Seres das Estrelas – especialmente aqueles que são capazes de se lembrar das “pistas” – sinais visuais estão sendo enviados na forma de círculos em plantações. Sinais para os descendentes de Sírius usualmente têm uma forte semelhança com os antigos glifos egípcios, designes em formato de bola de futebol, formas de círculos com cruzes ou círculos com um ponto no centro. Podem também aparecer como fórmulas matemáticas.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Os círculos dos Ari-Ans frequentemente têm forma de cobra, ou a criaturas semelhantes a insetos. Qualquer que seja a forma, estes círculos nas plantações são sinais para os descendentes que eles não foram esquecidos.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Como um sinal de que uma nave estelar foi mandada para o sistema solar e para a Terra, imagens de enormes naves planetárias e tripulações compostas de heróis “salvadores” da humanidade estarão em toda parte. Para neutralizar esta imagem de “bons” corpos celestiais, imagens de asteróides caindo e cometas em colisão serão usadas como justificativa de se possuir mísseis anti-asteróides apontados para o céu com propósitos defensivos.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Parte 4  - Formas de Controle</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Enquanto isso, para manter o controle da raça humana, os Sheti introduziram novos dispositivos para continuar a nos bomtardear com uma cobertura eletrônica controladora e entorpecente. Muitos destes instrumentos eletrônicos são portados pessoalmente: aparelhos de CD e fitas com fones de ouvido, equipamentos de realidade virtual, pagers, jogos eletrônicos, celulares, bips, etc., são usuais atualmente.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Drogas de todos os tipos, legais e ilegais (incluindo álcool, tabaco e narcóticos) são parte do programa de controle para manter a raça humana dócil.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Modificação comportamental para prevenir que sejamos motivados a lutar por nós mesmos irá requerer que a nenhum homem seja dado o status de herói. Aqueles que não se defendem, mas suportam grandes sofrimentos, serão os novos “heróis” e modelos: vítimas, mártires, prisioneiros de guerra torturados e pessoas que morrem a serviço de seus países.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">O controle populacional aumentará e apenas os selecionados serão autorizados a continuar. Desaparecimentos e abducções aumentarão, especialmente de mulheres e crianças novas. Novas doenças trazidas pelo ar aparecerão. A obesidade aumentará, a disfunção sexual aumentará nos homens, e os ciclos menstruais na mulheres cairão de 28 para 25 dias.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Para manter o controle da raça humana e nos manter desamparados na Terra, a NASA será eliminada ou fortemente restringida em seu trabalho. Qualquer evidência de vida extraterrestre será estritamente suprimida e negada. </span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">A Esperança da Humanidade: Sangue real</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">As linhas de batalha foram delimitadas para uma vindoura guerra galáctica de dominação do planeta Terra. Enquanto a raça humana buscar salvação “lá fora”, ela estará pavimentando o caminho para os seres que estão competindo para se tornarem seus Senhores. Mas a raça humana tem uma outra opção.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Embora nascida de bestas e criada para servir, a raça humana foi criada por cientistas geneticistas, o Príncipe EA e a Princesa Nin-Hur-Sag, usando seu próprio DNA e seu próprio sangue real. A linha real de Sangue Siriano confere à humanidade o direito de reivindicar a Terra como sua. Esta é a História que tem sido suprimida, a verdade que foi mantida escondida.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Enquanto a raça humana aceitar Senhores e Deuses, nós estaremos aceitando uma existência da servidão. Quando nós finalmente lembrarmos que nosso próprio reino foi tomado, quando finalmente olharmos para nós mesmos como nosso próprio Mestre ou Deus, então e só então estaremos livres de extraterrestres.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">O autor pede ao leitor para investigar por si mesmo as informações apresentadas aqui. Não aceite nenhuma, desafie todas elas. Decida por si mesmo se as palavras de Bek’Ti são verdadeiras. Você é seu próprio deus, você é o mestre de seu destino – se você puder lembrar A Verdade. </span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Esta versão de “Terra Papers: Hidden History of Planet Earth”, de Robert Morning Sky, foi condensada especialmente para Percepções, por Betty Bland, que mora e trabalha em Seattle. Ela é a diretora executiva da Light House Promotions, e está envolvida na produção anual da “Ocean Shores Convergente Psychic Fair on Memorial Weekend”, em Ocean Shores, Washington.</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><b><span style="color: #000040;">Reimpressa de Perspectives Magazine, March/April de 1996 - (800) 276-4448. http://www.v-j-enterprises.com/rmsterra.shtml</span></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><span style="color: #000040;"><b>Traduzido </b></span><span style="mso-spacerun: yes;"><b><span style="color: #000040;"> por:</span></b></span></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><span style="mso-spacerun: yes;"><b><span style="color: #000040;">Mariana - <a href="mailto:mariana@umanovaera.com">mariana@umanovaera.com</a> e</span></b></span></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><span style="mso-spacerun: yes;"><b><span style="color: #000040;">Izabel da Costa - </span></b></span><b><a href="mailto:isabel@umanovaera.com"><span style="color: purple;">isabel@umanovaera.com</span></a></b></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;">Fonte:</div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"> <a href="http://www.umanovaera.com/reptilianos/A_Historia_Suprimida_do_Planeta_Terra.htm">http://www.umanovaera.com/reptilianos/A_Historia_Suprimida_do_Planeta_Terra.htm</a></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div><div align="justify" class="MsoNormal" style="margin: 0px 7px 0px 89px;"><br /></div>

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 15:40

PROBLEMA-REAÇÃO-SOLUÇÃO (P-R-S)

Domingo, 26.06.11
Controle Mental em massa
Uma técnica de controle mental em massa que é usado por essas organizações de elite todo o tempo é o "problema-reação-solução". Um problema é secretamente criado (pela CIA, KGB, etc) e alguém é culpado pelo problema. O culpado pode ser uma guerra, uma desvalorização da moeda, dívida interna, ou um colapso governamental. Pode ser qualquer coisa. A mídia é usada para estimular a tal ponto a opinião pública em relação ao fabricado problema que o público grita "Algo precisa ser feito!" Nesse ponto, aqueles que criaram o problema, oferecem abertamente a solução como um meio de conseguir o que eles queriam desde o princípio.

O texto completo:

Mudando o Curso dos Eventos Mundiais
Uma entrevista com David Icke
por Joseph W.Duggan
(traduzido do site: http://www.davidicke.com/icke/articles/turntide.html)
Artigo retirado da edição 16 de Enigma


Fonte



David Icke foi um jogador profissional de futebol pela Cidade de Coventry e depois pela Hereford antes que a artrite reumática o forçasse a abandonar a carreira, entre muita publicidade, com 21 anos. Ele então seguiu para o jornalismo e depois para a televisão, tornando-se um âncora e repórter de notícias e jogos esportivos nacionais. Ele também se tornou o porta-voz nacional para o Partido Verde da Inglaterra e se envolveu profundamente em assuntos ambientais.
Uma Vida Transformada Pra Sempre!
Uma visita à uma médium e curandeira britânica em 1990 o colocou na jornada da descoberta que mudou dramaticamente a sua vida e o levou a escrever uma série de livros controversos inclusive Vibrações de Verdade, Não Tem que Ser Assim, Cure O Mundo e A Rebelião dos Robôs. O seu livro mais recente é E a Verdade o Libertará, e tem sido descrito como o livro mais explosivo do século XX. Ele revela o pano de fundo esotérico de uma conspiração mundial para centralizar o poder nas mãos de uma elite global. ele também oferece uma solução espiritual inspiradora na qual cada homem, mulher e criança podem se libertar da programação robótica e recuperar o seu poder de decidir o próprio destino.
Viajando o Mundo Expondo os Fatos
Icke está viajando ao redor do mundo explicando o perigo para o futuro de nosso planeta posto pelo presente sistema econômico mundial dominado e controlado por uma elite global e secreta. A linha de fundo desse "sistema" é o "crescimento econômico", que os economistas dizem que conduz a mais empregos, mais riqueza (para a elite), mais "sucesso" econômico, etc. Isto não poderia ser mais simples, mas na verdade é um sistema de tirar, fazer e jogar fora que aumenta a taxa e quantidade de recursos insubstituíveis que nós tiramos do planeta todos os anos. Esse sistema aumenta a velocidade com que esses produtos, os quais na maioria das vezes nós não precisamos, se tornam obsoletos ou tão fora de uso que as pessoas são forçadas a comprar os mesmos produtos de novo e de novo para sempre gerar maiores aumentos na produção. Isso, em troca, conduz ao aumento da quantidade de recursos naturais, agora chamados de lixo, que nós jogamos fora todos os anos.
Assassinos ambientais
Deve ter sido necessário um gênio para propor isso porque, como diz Icke, "esse sistema é o assassino ambiental e humano perfeito e, contudo, é o sistema que controla o mundo e as mentes das pessoas. Em resumo, para esse atual sistema sobreviver e aumentar a produção todos os anos, é indispensável que nós violentemos o planeta para conseguir mais e mais recursos e o envenenemos com cada vez mais poluição. Esse é o sistema apoiado por todos os principais movimentos políticos do mundo, com exceção dos Verdes. Essa é a "sabedoria" convencional que está destruindo a terra."
Entregando a Individualidade
"Também, em nosso atual sistema global, países individuais entregam o controle do seu próprio destino, a medida que outros países produzem produtos mais baratos utilizando trabalhadores com baixos-salários, e freqüentemente com novas, mas ambientalmente e socialmente destrutivas, tecnologias. O desemprego cresce nesses países que não podem competir, mas e para aqueles que têm empregos? Eles gastam a maior parte do seu tempo de trabalho em fábricas e escritórios produzindo quinquilharias para comprar mais quinquilharias que outras pessoas também estão desperdiçando a vida para fazer em outras fábricas e em outros escritórios."
O Rebanho Humano
"O que aconteceu às nossas vidas? A vasta maioria das pessoas, ricas e pobres, neste planeta estão escravizadas. Escravizadas pela programação robótica do sistema, sua prisão econômica, e pela sua própria recusa em pensar, questionar e achar a libertação que vem para aqueles com uma mente aberta. Nós não vivemos em uma sociedade livre, nós vivemos como robôs em uma sociedade na qual você é livre para fazer o que a sociedade quer que você faça - produzir e consumir - essa é a realidade."
Poucos Controlando a Massa
Icke tem sido capaz de levar a cabo uma análise detalhada que reune eventos mundiais passados e presentes que parecem acontecer independentemente uns dos outros, mas que na verdade têm as mesmas pessoas segurando as rédeas em todos eles. Está se tornando cada vez mais óbvio que pouquíssimas pessoas controlam o mundo persuadindo e pressionando a população através do medo para que ela pense e aja do modo que eles desejam, ou preferivelmente, não agir ou pensar independentemente. Atualmente, quatro corporações multinacionais controlam 90% da mídia global.
A Zona livre de desconforto
Ele explica: "O que acontece na prática é que se você olhar para todos os dogmas em todas as culturas, todas as sociedades têm o que eu chamo de "zona livre de desconforto". É aquela área dentro de qualquer cultura, dentro de cada dogma (religioso, econômico, político etc) em que se você se conforma a ela, você está na zona de conforto. Ninguém vai rir de você, o condenar por ser diferente, ou por expressar sua singularidade, porque você está fechado na mentalidade de rebanho, e você está se conformando ao que os outros dizem que você deveria ser e fazer. Quando você sai desse zona e expressa seu aspecto único em toda a existência e se recusa a ser amedrontado, ou controlado, você imediatamente é exposto ao ridículo ou à condenação como tem acontecido comigo na Inglaterra."
Entregando nossas Mentes
Nas suas conversas, Icke une idéias de conspiração com o espiritual. Ele explica primeiro como nós estamos entregando nossas mentes e os meios pelos quais nós somos condicionados para fazer isso. Ele revela um vasto número de nomes e organizações que são muito famosos, e das pessoas que estão na hierarquia controladora, inclusive o Presidente dos EUA. Ele diz, "eu não faço isso com condenação porque as pessoas envolvidas estão expressando o seu próprio estado de ser na ocasião, eles também estão refletindo de volta para nós a própria mente coletiva humana e os resultados de nossa própria falta de responsabilidade e integridade pessoal. Eu acho que é importante fazer isso primeiro."
"Oppo-Sames" (oppo = opostos, same = iguais)
"Eu também mostro como as mesmas pessoas em lados aparentemente opostos da política estão na verdade conectadas às mesmas organizações de elite. Estas organizações têm a mesma comprovada agenda de um governo mundial, um banco central mundial, um exército mundial, uma moeda mundial, e, dizem alguns, uma população micro-controlada. Esses aparentes opostos na política estão lá para nos fazer acreditar de que nós não estamos vivendo em uma prisão, que nós temos uma escolha. Contudo, estas pessoas não são opostas, mas sim parte de um Estado de um único partido. Os dois últimos Presidentes dos EUA estavam aparentemente em lados diferentes - Bill Clinton e George Bush - contudo ambos estavam fortemente envolvidos dentro das mesmas organizações de elite."
Mitos e Mídia
"A mídia e os políticos têm um confortável acordo não escrito que projeta um mito nas pessoas de que são os primeiro-ministros, presidentes, e políticos de alto-escalão que estão no topo da pirâmide de poder global. Eles caminham então ao redor do cenário mundial e agem como se eles fossem os árbitros finais do poder. A mídia vai junto com eles, o que significa que os escalões acima dos Clintons (que na verdade sustentam as rédeas do poder), nunca são investigados porque eles são invisíveis ao público. Esses são os indivíduos que decidem quem se torna o presidente porque eles possuem o dinheiro e a mídia. O Presidente é só o homem de frente mais famoso do mundo."
Introduza Amor e Compaixão
"É por isso também que movimentos por mudanças sociais, econômicas, e ambientais são ineficazes. Eles são incapazes de mudar o sistema porque eles são, na verdade, forçados a ser parte do sistema para sobreviver. Todos os seus recursos são gastados nos homens de frente enquanto o real poder age subversivamente atrás da cena para fazer o sistema como ele é agora. Também, por fundações não-lucrativas operadas pela elite, muitos movimentos são infiltrados por agentes que os transformam em veículos para promover o sistema. A maioria dos ativistas ataca os elementos do sistema que eles podem perceber com raiva, culpa, e freqüentemente violência. De uma perspectiva espiritual, só é possível transformar a consciência negativa do sistema com amor e compaixão. É por isso que é tão necessário neste momento mudar para um estado mais alto de consciência para resolvermos nossos problemas mundiais."
Controle Mental em massa
Uma técnica de controle mental em massa que é usado por essas organizações de elite todo o tempo é o "problema-reação-solução". Um problema é secretamente criado (pela CIA, KGB, etc) e alguém é culpado pelo problema. O culpado pode ser uma guerra, uma desvalorização da moeda, dívida interna, ou um colapso governamental. Pode ser qualquer coisa. A mídia é usada para estimular tanto a opinião pública em relação ao fabricado problema que o público grita, "Algo precisa ser feito!" Nesse ponto, aqueles que criaram o problema, oferecem abertamente a solução como um meio de conseguir o que eles queriam desde o princípio.
Bósnia e Ruanda
"Um exemplo disto", Icke explica, "é o cenário do exército mundial. A última coisa que o "problema-reação-solução" precisava na Bósnia era uma operação de pacificação da ONU eficaz. Se ela fosse eficaz, teria sido assim em Ruanda e na Somália, mas então não haveria nenhum problema para resolver. Assim, como resultado do fracasso da operação de pacificação da ONU, o problema continuou. Ela foi projetada para não funcionar e foi auxiliada pelos principais negociadores da paz na Bósnia que, casualmente, são todos membros das mesmas organizações de elite que têm como agenda a criação de um exército mundial."
Algo Precisa Ser feito!
"Quanto mais horrorosos ficavam os quadros que vinham da Bósnia, mais alto ficava o clamor público, "Algo precisa ser feito!" Isso era compreensível do ponto de vista do público, mas a solução passada pra frente foi a formação do que é efetivamente um exército mundial, uma força de 60,000 homens... a maior força multinacional desde a Segunda Guerra Mundial e exatamente o que os conspiradores queriam."
Espiritualidade versus conspiração
Icke opera em dois níveis diferentes, o aqui-e-agora, o nível de pesquisa conspiracional para avaliar o que de fato está acontecendo, e o espiritual, que demonstra que se você jogar sua mente fora, haverá conseqüências físicas. Ele diz, "Se nós recuperarmos nosso poder pessoal e espiritual, deixarmos de ser um rebanho de ovelhas e expressarmos nossa individualidade divina, então a habilidade de alguns para controlar nosso mundo desaparece. Uma vez que as pessoas perceberem que elas podem controlar as suas próprias vidas, que o seu próprio poder existe dentro delas mesmas e não fora... o jogo terminou para a elite global. Você não precisa de uma arma. Você não precisa de outro partido político. Você não precisa de outro quarto cheio de fumaça, grupo de protesto, ou reunião. Tudo que você precisa é celebrar sua singularidade, desligar-se da robótica mentalidade de rebanho, e respeitar o direito dos outros de fazer o mesmo. De repente nós removemos o veículo (energia) pelo qual uma conspiração global pode operar nossa mentalidade de rebanho."
Energias da Terra
Icke também tem trabalhado extensivamente com o que ele chama de "energias da terra", e tem viajado para o Peru, Canadá, África, e muito para a Europa, especialmente a Inglaterra, fazendo um trabalho curativo planetário. Ele explica, "Nós somos os guardas da Mãe Terra e temos acesso à consciência mais elevada. Nós podemos agir como facilitadores para curar e equilibrar muitas das perturbações na terra através de um sistema de cruzamentos conhecido como "ley lines" e lugares de poder. Esses lugares de poder agem como pontos de acupuntura na superfície da terra e as ley lines como meridianos, e são rompidos facilmente por atos de violência (guerra), poluição tóxica, construção, etc. Nós temos a habilidade para trabalhar com uma consciência mais elevada para curar e equilibrar a terra."

Quando perguntado onde ele conseguiu todas as suas informações, Icke explicou, "Muitas pessoas dentro do governo e de agências de inteligência como também dentro do exército descobriram há muito tempo o que está acontecendo, mas não sabiam o que fazer com a informação. Eles estão escolhendo me dar essas informações porque eles sabem que eu as espalharei pelo mundo. Eu continuo dizendo às pessoas que a pior coisa que pode me acontecer é que minha consciência se mova para outra realidade de tempo/espaço, e essa é absolutamente a pior coisa que poderia acontecer! Este medo da morte é provavelmente o meio mais eficaz de controle que os conspiradores têm. A verdade é; não há nenhuma morte - só o movimento de consciências entre infinitas realidades de tempo/espaço. Nós somos na realidade unidades imortais e individualizadas de consciência."
A Verdade o Libertará
A sua conferência, "A Verdade o Libertará", expõe os grupos de controladores ativos no mundo e o que as pessoas podem fazer para mudar o curso dos eventos mundiais. No seu seminário ele explica os métodos usados pelas forças controladoras para impedir o conhecimento de nossa verdadeira natureza espiritual e o poder fenomenal que nós temos para criar nossa própria realidade. É a supressão deste conhecimento que tem permitido o controle de muitos por poucos. Ele ensina técnicas de libertação da programação robótica e métodos de alcançar nosso verdadeiro potencial espiritual. Técnicas de cura da Terra usando meditação e rituais também serão apresentadas. Os participantes serão encorajados a se tornarem parte de um grupo mundial de indivíduos dedicados a curarem a si mesmos e a Mãe Terra.


*



AS 10 ESTRATÉGIAS DE MANIPULAÇÃO MIDIÁTICA


O lingüista estadunidense Noam Chomsky elaborou a lista das “10 estratégias de manipulação” através da mídia:


1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO.
O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes.

A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais (citação do texto 'Armas silenciosas para guerras tranqüilas')”.


2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES.
Este método também é chamado “problema-reação-solução”. Cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o mandante de leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade. Ou também: criar uma crise econômica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos.


3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO.
Para fazer com que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradativamente, a conta-gotas, por anos consecutivos. É dessa maneira que condições socioeconômicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990: Estado mínimo, privatizações, precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários que já não asseguram ingressos decentes, tantas mudanças que haveriam provocado uma revolução se tivessem sido aplicadas de uma só vez.


4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO.
Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente. Em seguida, porque o público, a massa, tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que “tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se com a idéia de mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento.


5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE.
A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino de baixa idade ou um deficiente mental. Quanto mais se intente buscar enganar ao espectador, mais se tende a adotar um tom infantilizante. Por quê?
“Se você se dirige a uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos ou menos, então, em razão da sugestionabilidade, ela tenderá, com certa probabilidade, a uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade (ver “Armas silenciosas para guerras tranqüilas”)”.


6- UTILIZAR O ASPECTO EMOCIONAL MUITO MAIS DO QUE A REFLEXÃO.
Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos…




 7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE.
Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão. “A qualidade da educação dada as classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores às classes sociais superiores seja e permaneça impossíveis para o alcance das classes inferiores (ver ‘Armas silenciosas para guerras tranqüilas’)”.


8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE.
Promover ao público a achar que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto…


9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE.
Fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, de suas capacidades, ou de seus esforços. Assim, ao invés de rebelar-se contra o sistema, o individuo se auto-desvalida e culpa-se, o que gera um estado depressivo do qual um dos seus efeitos é a inibição da sua ação. E, sem ação, não há revolução!


10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM.
No transcorrer dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado crescente brecha entre os conhecimentos do público e aquelas possuídas e utilizadas pelas elites dominantes. Graças à biologia, à neurobiologia e à psicologia aplicada, o “sistema” tem desfrutado de um conhecimento avançado do ser humano, tanto de forma física como psicologicamente. O sistema tem conseguido conhecer melhor o indivíduo comum do que ele mesmo conhece a si mesmo. Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos do que os indivíduos a si mesmos.

______________________

CHOMSKY USADO PELO CLUBE BILDERBERG?

A seguir excerto do livro  A VERDADEIRA HISTÓRIA DO CLUBE BILDERBERG, de Daniel Estulin, em que Chomsky é mencionado.


Haig e o produto da Mesa Redonda, um grupo paralelo ao de Bilderberg. Em seu Tavistock Institute: Sinister and Deadly, o primeiro livro a falar sobre os sinistros planos do principal instituto de lavagem cerebral do mundo, John Coleman desvela os acordos secretos entre o governo invisivel, os politicos americanos e a Imprensa submetida. Coleman escreve: ≪Haig foi encontrado pelo membro da Mesa Redonda, Joseph Califano, um dos americanos em quem mais confia sua majestade (a rainha da Inglaterra). Califano, conselheiro legal da Convencao Nacional Democrata, tinha entrevistado na realidade ao Alfred Baldwin, um dos espioes do Watergate um mes antes de que o aplainamento dos escritorios democratas no hotel Watergate tivesse lugar. Califano foi suficientemente estupido para escrever um memorando sobre sua entrevista com o Baldwin, em que proporcionava informacao sobre McCord, outro dos espioes, e por que este tinha selecionado a Baldwin para entrar na "equipe".≫


≪Ainda mais daninho, o memorando do Califano continha todos os detalhes sobre as transcricoes das gravacoes entre o Nixon e o comite de reeleicao, tudo isso antes de que ocorresse o aplainamento.≫ Coleman conclui que ≪Califano deveria ter sido acusado por crimes federais mas, em vez disso, saiu ileso de toda a sua atividade criminosa≫.


Em 1983 chegaram ao Coleman uns manuais secretos do Instituto Tavistock nos quais se detalhava a metodologia usada para destruir ao presidente Richard Nixon. Dai saiu o livro The Tavistock Institute: Britain's Controle of US. Policy. Coleman explica que ≪a maneira em que o presidente Nixon foi primeiro
isolado, rodeado de traidores e depois, confundido, seguia ao pe da letra o metodo Tavistock de obter o controle de uma pessoa, desenvolvido pelo doutor Kurt Lewin, o principal teorico do Instituto≫. A queda do presidente Richard Nixon e um caso do manual da metodologia do Lewin. A descricao desse processo que Coleman encontrou nestes manuais secretos dizia: ≪Uma das principais tecnicas para romper
a moral, atraves de uma estrategia de terror, consiste em manter a pessoa confusa a respeito do que quer e do que pode esperar das circunstancias. Alem disso, se se aplicam medidas disciplinadoras severas e promessas de bom trato ao mesmo tempo, junto com noticias contraditorias, a estrutura cognitiva da situacao torna-se ainda mais confusa. O sujeito ja nao sabe que plano o leva para seu objetivo ou o afasta dele. Sob estas condicoes inclusive as pessoas com uns objetivos muito definidos e dispostas a correr riscos se paralisam pelos conflitos internos que sofrem a respeito do que se deve fazer.≫


Assim de bem-sucedidas que eram as taticas de terror e a lavagem cerebral do Tavistock e assim se pode eliminar a todo um presidente dos Estados Unidos. Alem disso, os americanos comecaram a acreditar em todas as mentiras, distorcoes e provas falsas dos conspiradores quando, de fato, ≪o Watergate foi uma mentira diabolica do principio ao fim≫.


Nixon e seus dois ajudantes mais proximos, Haldeman e Ehrlichman, ignoravam absolutamente o que estava acontecendo. Nao eram rivais a altura da forca combinada do Clube Bilderberg, do RIIA e do Instituto Tavistock, sob a direcao da Inteligencia britanica, do MI6 e, portanto, da familia real britanica (o MI6 e o
aparelho de Inteligencia que protege a Coroa britanica. Seu orcamento anual e secreto e se move em torno dos 350-500 milhoes de dolares. E significativo que o Parlamento britanico nao tenha jurisdicao sobre o MI6). Haldeman e Ehrlichman estavam completamente superados. Por exemplo, nem sequer sabiam que ≪David Young, graduado em Oxford e empregado do Kissinger atraves de organizacoes como o Milbank Tweed, estava trabalhando nos poroes da Casa Branca, fiscalizando "infiltracoes"≫.


A ≪confissao≫ do James McCord ao juiz John Sirica deveria ter advertido ao Nixon de que o estavam golpeando de dentro. Mas um confuso e paralisado Nixon respondeu perfeitamente ao plano esbocado pelo Instituto Tavistock para romper a moral de uma pessoa seguindo uma estrategia de terror.


O general Haig, ao que lhe deu um curso rapido no Tavistock, ≪jogou um papel fundamental na estrategia de confusao e lavagem cerebral do presidente Nixon, e, com efeito, foi Kissinger quem dirigiu a Casa Branca durante esse periodo≫. A ≪valente≫ reportagem do Washington Post nao foi mais que uma
completa mentira preparada pelas forcas da Nova Ordem Mundial. A legendaria fonte ≪Garganta Profunda≫ nao era senao o mesmo Haig.* A equipe de jornalistas, Woodward e Bernstein, ambos os membros do CFR, eles foram dando toda a informacao que publicavam. Nao houve nenhuma investigacao, nem nenhum encontro secreto. O Washington Post, um importante membro do comite diretor do Clube Bilderberg, o proprio Clube e o Comite dos 300, pressionaram ao Nixon seguindo a pes juntinhos o manual do Instituto Tavistock.


*[Em junho de 2005, o antigo funcionario do FBI Mark Felt, de 91 anos e mentor do jornalista Bob Woodward, revelou ser o verdadeiro ≪Garganta Profunda≫. Trata-se, entretanto, de uma montagem.]
Coleman escreve que ≪pela insistencia do RIIA, Haig se fez com o controle do governo dos Estados Unidos, a Casa Branca, depois do golpe de estado de abril de 1973≫. Haig colocou nos cem postos mais importantes de Washington a homens do Instituto Brookings, do Institute of Policy Studies e do CFR, quem, ≪como ele mesmo, estavam as ordens de um poder estrangeiro≫, quer dizer, as ordens daqueles que tinham imposto os interesses da ordem mundial global sobre os Estados Unidos da America.


≪A humilhacao do Nixon foi uma licao e uma advertencia para o futuro presidente dos Estados Unidos≫, para que lhe tirasse da cabeca que podia desafiar ao Governo Mundial na sombra. Kennedy foi brutalmente assassinado ≪pela mesma razao, a vista de todo o povo americano≫.
Todavia, John Coleman e Lyndon La Rouche (este ultimo candidato democrata a presidencia no passado e editor da excelente Executive Intelligence Review [EIR]) levaram a cabo sua propria investigacao sobre o Watergate e os Papeis do Pentagono e chegaram a mesma conclusao; o proposito da humilhacao ficou muito mais claro no episodio dos Papeis do Pentagono e a subsequente ≪designacao do Schlesinger (na comissao da energia atomica) dentro da Administracao Nixon, cujo objetivo era deter o desenvolvimento da energia atomica≫. O leitor ja havera deduzido que tudo isso eram fatores graves para a desindustrializacao dos Estados Unidos, tal e como planejavam o Clube Bilderberg, o Clube de Roma e o Comite dos 300. John Coleman acrescenta em Conspirators Hierarchy: The Story of the Committee of 300 que ≪neste ponto se acha o inicio gerador da recessao/depressao de 1991 que [...] desempregou trinta milhoes de americanos≫.


Segundo as fontes de Inteligencia do Coleman, na primavera de 1970, William McDennott, do FBI, foi ver o principal encarregado da seguranca do Rand (o instituto de lavagem cerebral dos Estados Unidos), Richard Best, para lhe advertir que Daniel Ellsberg havia aparentemente ≪tirado do Rand estudos sobre o
Vietna que esta instituicao tinha levado a cabo≫. Em posteriores encontros com o doutor Henry Rowan, diretor do Rand ─ e melhor amigo do Ellsberg, coisa que nao sabia o FBI ─, este disse ao Best e McDennott que estava em marcha uma investigacao do Departamento de Defesa e que ≪por isso recomendava que o FBI deixasse de investigar a Ellsberg≫. De fato, Coleman tinha descoberto que ≪nao
havia nenhuma investigacao em marcha. Ellsberg seguiu mantendo sua capacidade operativa no Rand e continuou copiando documentos sobre a guerra do Vietna ate que estourou todo o assunto dos Papeis do Pentagono, o qual golpeou duramente os alicerces da Administracao Nixon≫.


O segundo traidor era, como os leitores mais ardilosos haverao imaginado ja, o proprio conselheiro de Seguranca Nacional do Nixon, Henry Kissinger. Em meados da decada de 1970, o Clube havia colocado ao Kissinger na direcao de um pequeno grupo composto pelo James Schlesinger, Alexander Haig e Daniel
Ellsberg. ≪Cooperava com este grupo o Instituto de Estudos Politicos (IPS), com o Noam Chomsky como principal teorico.≫ Os objetivos do IPS vem ditados pela Mesa Redonda britanica e pelo Instituto Tavistock. Coleman explica em seu livro IPS Revisited que a principal agenda era ≪criar a Nova Esquerda, um movimento de base para engendrar conflitos e estender o caos, expandir os "ideais" do socialismo
niilista... e converter-se no grande "acoite" da ordem governamental e politica dos Estados Unidos≫, como fatores chaves na desindustrializacao desse pais atraves da estrategia de crescimento zero pos-industrial. Quando Kissinger foi colocado como conselheiro de Seguranca Nacional, ≪Ellsberg, Haig e Kissinger puseram em marcha o plano do RIIA do Watergate para derrocar ao presidente Nixon, pois tinha
desobedecido instrucoes diretas≫, o que quer dizer que Nixon tinha declarado publicamente que nao aprovava o GATT, ou Acordo Geral sobre Tarifas e Comercio, uma afirmacao que tinha enfurecido ao David Rockefeller. O GATT mostrar-se-ia mais tarde como uma autentica erosao da soberania nacional dos
Estados Unidos e achava-se em processo de criar uma destruicao total social, economica e cultural, tal e como o Senado dos Estados Unidos tinha advertido em 1994, atraves do milionario e membro do Parlamento Europeu, sir James Goldsmith (que morreu repentinamente ─ e nao sabemos se por casualidade ─ depois de atestar ante o Comite do Senado dos Estados Unidos).


De fato, por ordens do Andrew Schoeberg, presidente da RIIA, a sociedade secreta que controla a politica externa britanica, Kissinger e seu pessoal recebiam ≪toda a informacao de inteligencia do interior e exterior do pais antes que o proprio presidente; inclusive a informacao da Quinta Divisao do FBI, a mais secreta≫. Nao ha duvida de que os dois homens aos quais Nixon confiava sua vida, Haldeman e Ehrlichman, nao entendiam o que estava passando a seu redor: o MI6 (o Instituto de Inteligencia britanico), tinha o controle sobre toda a informacao que podia chegar ao presidente Nixon.


Coleman conclui que ≪com estes metodos, Kissinger se impos a presidencia do Nixon, e depois de que Nixon foi desonrado e defenestrado pelo grupo do Kissinger, este emergiu com poderes enormes, como nunca se viu antes, ou depois do Watergate≫.


Com a demissao do Nixon, o Clube Bilderberg conseguiu por fim ter a seu ≪presidente≫ no cargo, Gerald Ford (pertencente ao Bilderberg e ao CFR), a nova marionete da Nova Ordem Mundial movida pelo Henry Kissinger, agente do David Rockefeller, que por sua vez estava a servico do Clube e do Comite dos 300.
Pouco depois da queda do Nixon, o novo presidente Gerald Ford pos seu selo de aprovacao a politica externa do Kissinger. Gary Alien, em seu livro O expediente Rockefeller escreve: ≪O presidente Ford deu sua aprovacao a politica externa que havia projetado o secretario de estado Henry Kissinger. Seu objetivo
era estabelecer uma sorte de Governo mundial antes do final da decada de 1970. Mediante a demanda de uma estrategia global sobre os alimentos e o petroleo dentro da estrutura das Nacoes Unidas, o presidente assinou sua aceitaçao da "nova ordem internacional" que tinha estado perseguindo Kissinger.≫

*





Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 08:21

CARTILHA DE DESINFORMAÇÃO - 25 MANEIRAS DE SUPRIMIR A VERDADE

Domingo, 29.05.11


Cartilha da Desinformação: Vinte e cinco maneiras de suprimir a verdade

H. Michael Sweeney.

Construído em cima das “Treze Técnicas para Suprimir a Verdade” de David Martin, a lista que se segue pode ser útil para o iniciado no mundo de verdades veladas e meias verdades, mentiras e supressão da verdade, que acontecem quando crimes graves são discutidos em fóruns públicos. Isto, infelizmente, inclui todos os meios de comunicação de hoje em dia, que são as maiores fontes de desinformação.
Sempre que o crime envolver uma conspiração, ou uma conspiração para encobrir um crime, haverá invariavelmente uma campanha de desinformação lançada contra aqueles que procuram descobrir e expor a verdade e/ou conspiração. Existem táticas específicas que artistas da desinformação tendem a aplicar, as quais apresentarei em seguida.

Os artistas da desinformação e aqueles que os controlam (aqueles que irão sofrer se o crime for resolvido) devem procurar evitar um exame completo e racional de qualquer cadeia de provas que fosse incriminá-los. Uma vez que fatos e verdades raramente caem por conta própria, eles devem ser superados com mentiras e enganos. Aqueles que são profissionais na arte da mentira e do engano, como a comunidade de inteligência, as autoridades governamentais e obviamente a mídia corporativa, tendem a aplicar neste processo ferramentas razoavelmente bem definidas e observadas. No entanto, o público em geral não é bem armado contra essas armas, e é muitas vezes facilmente enganado por essas táticas.

Surpreendentemente, nem os meios de comunicação nem as autoridades legais foram treinados para lidar com estas questões. Na maior parte do tempo, apenas os desinformantes compreendem as regras do jogo.
Espero que seja de grande valia para aqueles que estão começando a ver como as coisas realmente funcionam, bem como para aqueles que instintivamente já perceberam como estas táticas são utilizadas, conhecer exatamente cada uma das táticas e subterfúgios daqueles que pretendem esconder a verdade:

1. Não ouça o mal, não veja o mal, não fale do mal. Independentemente do que você sabe, não discuta, especialmente se você é uma figura pública, âncora de TV, etc. Se você não for informado é porque não aconteceu, e você nunca terá que lidar com os problemas.

2. Torne-se incrédulo e indignado. Evite discutir os principais problemas e ao invés foque em questões laterais que podem ser utilizadas para mostrar o tema como sendo crítico de algum grupo ou tema intocável. Este método é também é conhecido como o “Como você se atreve!“. Um bom exemplo é quando alguém questiona a versão oficial do 11 de setembro e a mídia diz isto é uma afronta às famílias das vítimas.

3. Crie boateiros. Evite discutir os problemas, descrevendo todas as acusações, independentemente das provas, como meros rumores e acusações selvagens. Outros termos depreciativos mutuamente exclusivos da verdade podem funcionar muito bem. Este método funciona especialmente bem com a silenciosa imprensa, porque a única maneira que o público poderá conhecer os fatos são através destes “boatos incertos”. Se você puder associar o material com a Internet, use isto para certificar a acusação como uma “fofoca” que não pode ter base na realidade. Isto foi muito usado pela rede globo durante a falsa pandemia da gripe suína.

4. Use um “espantalho”. Ache ou crie um elemento do argumento de seu oponente que você possa facilmente derrubar para você se sair bem e o seu adversário ficar em uma posição desfavorável. Ou então crie um problema que você possa implicar com segurança que exista com base na sua interpretação do adversário, nos argumentos do adversário ou da situação, ou então selecione o aspecto mais fraco das acusações mais fracas. Amplifique o seu significado e as destrua de uma forma que pareça desmentir todas as acusações, reais e as fabricada, enquanto na verdade evita a discussão das questões reais.

5. Desvie os adversários através de xingamentos e ridicularização. Isso também é conhecido como o estratagema do “ataque ao mensageiro”, embora outros métodos qualifiquem como variantes dessa abordagem. Associe adversários com títulos impopulares, como “malucos”, “de direita”, “liberal”, “esquerda”, “terroristas”, “teóricos da conspiração”, “radicais”, “milícias”, “racistas”, “religiosos fanáticos”, “drogados”, “desviados sexuais”, e assim por diante. Isso faz com que outros removam o seu apoio com medo de receber o mesmo rótulo, e assim você evita lidar com os problemas. Esta tática foi muito utilizada quando Charlie Sheen veio a público questionando a versão oficial do 11 de setembro.

6. Bata e Corra. Em qualquer fórum público, faça um breve ataque ao seu oponente ou a posição de adversário e em seguida pule fora antes que uma resposta possa ser dada, ou simplesmente ignore qualquer resposta. Isso funciona muito bem em ambientes de internet e em cartas ao editor, onde um fluxo constante de novas identidades podem ser utilizadas sem ter que explicar o raciocínio crítico – simplesmente faça uma acusação ou outro ataque, nunca discutindo as questões, e nunca respondendo a qualquer resposta posterior, por que isto dignificaria o ponto de vista do oponente.

7. Questione os motivos. Distorça ou amplifique qualquer fato que possa insinuar que o adversário opera a partir de uma agenda oculta pessoal ou esteja sendo tendencioso de qualquer outra forma. Isso evita discutir as questões e força o acusador a ficar na defensiva.

8. Invoque autoridade. Reivindique para si mesmo autoridade ou se associe com autoridade e apresente seu argumento com o “jargão” ou “minúcias” o suficiente para ilustrar que você é “quem sabe”, e simplesmente diga que não é assim, sem discutir as questões ou demonstrar concretamente o porquê ou citar fontes.
9. Banque o idiota. Não importa o argumento de que a evidência ou lógica é oferecido, evite discutir questões negando que elas têm qualquer credibilidade, fazem qualquer sentido, fornecem qualquer prova, contém ou esclarecem uma questão, tem lógica, ou dão apoio a uma conclusão. Misture bem para ter o máximo efeito.

10. Associe as acusações do adversário com notícias antigas. Normalmente um derivado da estratégia do “espantalho”, em qualquer assunto de grande escala e alta visibilidade, alguém irá fazer acusações no início que podem ser ou já foram resolvidos facilmente. Se futuras acusações forem previsíveis, faça o seu lado levantar uma questão “espantalho” e a trate no início, como parte dos planos de contingência. As acusações subseqüentes, independentemente da validade ou mesmo que cubram novas descobertas, elas geralmente podem ser associadas com a acusação inicial e refutadas como sendo uma simples repetição que pode ser refutada sem a necessidade de abordar as questões atuais – ainda melhor quando o adversário está ou esteve envolvido com a fonte original.

11. Estabeleça posições onde você possa retroceder. Usando uma questão ou elemento menos importante dos fatos, aja com classe “confesse” com franqueza que algum erro inocente, em retrospecto, foi feito, mas que os adversários aproveitaram a oportunidade para colocar tudo fora de proporção e implicam criminalidades maiores que, simplesmente “não é assim.” Outros podem reforçar isto em seu nome mais tarde. Feito corretamente, isso pode angariar a simpatia e o respeito de “jogar limpo” e “reconhecer” os seus erros, sem abordar as questões mais graves. Esta tática foi muito utilizada pelo IPCC quando veio a público que grande parte de suas estimativas de derretimento de geleiras, perda da floresta amazônica, entre outros, eram exageradas e não eram baseadas em estudos científicos.

12. Enigmas não têm solução. Inspirando-se na cadeia de eventos em torno do crime e da multiplicidade de participantes e eventos, pinte todo o assunto como muito complexo para ser resolvido. Isso faz com que aqueles que acompanhem o assunto comecem a perder o interesse mais rapidamente sem ter que resolver os problemas reais.

13. Lógica da “Alice no País das Maravilhas”. Evite o debate das questões raciocinando de trás para a frente com uma aparente lógica dedutiva de uma forma que deixe de fora qualquer fato material real.
14. Exija soluções completas. Evite as questões exigindo de seus opositores a resolução do crime atual completamente, um truque que funciona melhor para itens que qualifiquem-se para a regra 10 (Associe as acusações do adversário com notícias antigas).

15. Encaixe os fatos em conclusões alternativas. Isto requer um pensamento criativo, a menos que o crime tenha sido planejado com conclusões de contingência.

16. Desapareça com provas e testemunhas. Se elas não existirem, não existe fato, e você não terá de resolver o problema.

17. Mude de assunto. Normalmente utilizado em conexão com um dos outros estratagemas listados aqui, encontre uma maneira de desviar a discussão com os comentários abrasivos ou controversos, na esperança de chamar a atenção para um tema novo, mais fácil de lidar. Isto funciona especialmente bem quando os oponentes podem “discutir” com você sobre o tópico novo e polarize a arena de discussões, a fim de evitar discutir questões mais fundamentais.

18. Emotive, antagonize, e incite os oponentes. Se você não poder fazer mais nada, repreenda e insulte os seus adversários e os leve a respostas emocionais que possam fazê-los parecer tolos e emotivos, o que geralmente tornam o seu material um pouco menos coerente. Não só você vai evitar discutir os problemas em primeiro lugar, mas mesmo que a sua resposta emocional foque na questão em discussão, você pode ainda evitar as questões ao se concentrar em como eles “são sensíveis a críticas”.

19. Ignorar a prova apresentada, e exija provas impossíveis. Esta é talvez uma variante da regra do “banque o tolo”. Independentemente do material que possa ser apresentado por um adversário em fóruns públicos, alegue que a prova material seja irrelevante e exija uma que seja impossível para o adversário mostrar (ela pode existir, mas não pode estar à sua disposição, ou pode ser algo que seja sabido que possa ser facilmente destruída ou retida, tal como a arma de um crime). Para evitar completamente discutir questões desminta categoricamente e seja crítico da mídia ou livros como fontes válidas, negue que as testemunhas sejam aceitáveis, ou mesmo negue que as declarações feitas por autoridades governamentais ou outras têm qualquer significado ou relevância.

20. Falsas provas. Sempre que possível, introduza novos fatos ou pistas projetados e fabricados para entrar em conflito com as apresentações do adversário para neutralizar questões sensíveis ou dificultar a resolução. Isso funciona melhor quando o crime foi planejado com contingências para este propósito, e os fatos não podem ser facilmente separados das invenções.

21. Chame um Grande Júri, Promotoria Especial, ou outro organismo habilitado para investigações. Subverta o processo para seu próprio benefício e efetivamente neutralize todas as questões sensíveis, sem uma discussão aberta. Uma vez convocado, as evidências e testemunhos devem ser secretos. Por exemplo, se o advogado de acusação estiver do seu lado, ele pode garantir que o Grande Júri não ouça nenhuma evidência útil e que as provas sejam vedadas e indisponíveis para investigações posteriores. Depois de um veredicto favorável (geralmente, esta técnica é aplicada para inocentar o culpado, mas também pode ser utilizada para obter acusações quando se procura enquadrar uma vítima) for alcançado, o assunto pode ser considerado oficialmente encerrado.

22. Fabrique uma nova verdade. Crie o seu próprio perito(s), grupo(s), autor(es), líder(es) ou influencie os existentes para forjar novos caminhos através de pesquisa científica, investigativa ou social, ou testemunho que conclua favoravelmente. Desta forma, se você realmente precisar lidar com as questões relevantes, você pode fazê-lo com autoridade.

23. Crie distrações maiores. Se as estratégias acima não funcionarem para desviar questões sensíveis, ou para impedir a indesejável cobertura da mídia de eventos que não se possa impedir, tais como julgamentos, crie notícias mais importante (ou as trate como tal) para distrair as multidões.

24. Silencie os críticos. Se os métodos acima não funcionarem, considere remover os oponentes de circulação através de uma solução definitiva, para que a necessidade de abordar as questões seja totalmente removida. Isso pode ser através de sua morte, prisão e detenção, chantagem ou destruição do seu caráter pela liberação de informações de chantagem, ou simplesmente pela intimidação adequada usando chantagem ou outras ameaças.

25. Desapareça. Se você é um portador de segredos importantes relacionados a algum crime ou conspiração e você acha que o calor está ficando muito quente, para evitar os problemas, desapareça.

http://pragmatismopolitico.blogspot.com/2011/05/cartilha-da-desinformacao-vinte-e-cinco.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 18:44

CODEX ALIMENTARIUS

Quarta-feira, 25.05.11



Segunda-feira, 3 de Maio de 2010
Codex Alimentarius



Desde a origem da Humanidade que a alimentação sempre foi uma grande preocupação, não é por acaso que podem ser encontradas referências a uma certa gestão da qualidade e segurança dos alimentos em civilizações de eras antigas. Em 300 A.C. o estadista indiano Kautylia fez referência a medidas de controlo da qualidade alimentar nos seus escritos, a existência de descrições de métodos para determinação do peso e medidas correctas dos grãos de cereais para alimentação, em tábuas assírias, pode-se constatar a obrigatoriedade de se colocar rótulos em certos produtos alimentares em antigos papiros egípcios, todos estes e outros mais são apenas exemplos de evidências de sistemas de controlo alimentar rudimentares que em tempos foram aplicados em civilizações remotas. Este artigo baseia-se assim não numa reflexão ou análise destes sistemas rudimentares mas do sistema de controlo alimentar que se pode encontrar hoje em dia em vigor, este chama-se Codex Alimentarius.

A expressão Codex Alimentarius é latina e designa Código Alimentar. Desta forma o Codex Alimentarius é uma colectânea de códigos de conduta, de padrões reconhecidos internacionalmente, orientações e outras recomendações relativas a alimentos, produção de alimentos e segurança alimentar. Foi durante 1897 e 1911 que no Império Austro-Húngaro nasceu a primeira colecção de normas e descrições de produtos relativas a uma grande variedade de alimentos, colecção esta intitulada por Codex Alimentarius Austriacus.

No inicio da década de 1960, a Organização das Nações Unidas para a Agricultura e a Alimentação (FAO) e a Organização Mundial da Saúde (OMS ou WHO) reconheceram a importância de desenvolver padrões internacionais para os propósitos de protecção da saúde publica e a minimização da discrepância de trocas internacionais de alimentos. O Joint FAO/OMS Food Standards Programme foi assim criado, e a comissão do Codex Alimentarius foi nomeada para gerir o programa.

A Comissão do Codex Alimentarius, frequentemente referida simplesmente como Codex, é um corpo intergovernamental actualmente com 173 países membros e uma organização membro, a União Europeia. Os órgãos principais são a Comissão (Que contém todos os 174 membros), o Comité Executivo (Que contém 17 membros), o Presidente, três Vice-Presidentes, sete outros membros (1 de cada região), seis coordenadores regionais, o Secretariado do Codex (elementos da FAO e da OMS) e os órgãos subsidiários.

Em cada Estado-Membro é nomeado um Ponto de Contacto Nacional, que é coordenativo e Ponto Focal para as acções do Codex. Cria a ligação com o Secretariado do Codex, a comunicação com os serviços da Administração envolvidos, com a indústria e com os grupos de consumidores, e regra geral está num departamento ministerial. Em Portugal o ponto de Contacto Nacional para o Codex Alimentarius é o Gabinete de Planeamento e Políticas (GPP), do Ministério da Agricultura, do Desenvolvimento Rural e das Pescas.


Todos os Estados-Membros da UE são membros do Codex. Em 17 de Novembro de 2003 depois de, na 26ª Reunião da Comissão do Codex Alimentarius, os directores gerais da FAO e da OMS terem aprovado as alterações do Regulamento Interno que permitia às organizações de integração económica regionais tornarem-se membros do Codex, o Conselho da UE decide (Decisão N.º 2003/822/CE) que “…a Comunidade Europeia apresentará à Comissão do Codex Alimentarius um pedido de adesão, acompanhado de um instrumento formal especificando que aceita as obrigações dos estatutos em vigor na data da adesão e de uma declaração única relativa ao exercício de competências.”


Preocupada com a protecção da saúde dos consumidores e assegurar práticas equitativas no comércio de alimentos a comissão do Codex Alimentarius sentia que ambos os objectivos poderiam ser melhor atendidos, se os países harmonizassem os seus regulamentos alimentares e adoptassem normas internacionalmente aceites. Através da harmonização, que prevê menos barreiras ao comércio e livre circulação de alimentos entre os países, o que seria para o benefício dos agricultores e suas famílias e também ajudaria a reduzir a fome e a pobreza, a comissão concluiu que o Food Standards Programme seria uma solução para algumas das dificuldades que estavam a impedir o livre comércio. Na sequência das conclusões do Uruguay Round de 1994, com a entrada em vigor dos acordos SPS (Relativo à aplicação das medidas sanitárias e fitossanitárias) e TBT (sobre os obstáculos técnicos ao comércio), a pertinência jurídica das normas do Codex ficou sobretudo fortalecida com a remissão que, nos referidos acordos é feita para o Codex Alimentarius, criando assim alguma controvérsia pois apesar de o Codex Alimentarius surgir como um padrão de referência voluntário, não havendo assim obrigatoriedade para os países adoptar os padrões do Codex como membros do Codex ou qualquer outra organização internacional de comércio, a Organização Mundial de Comércio reconhece o Codex Alimentarius como um padrão de referência internacional para a solução de disputas sobre segurança alimentar e protecção do consumidor.


Em 1998, Jeff Gerth escreveu um artigo no jornal New York Times chamado Where Business Rules; Forging Global Regulations That Put Industry First onde referia que o Palais des Nations em Genebra era o local perfeito para grupos de elites e reguladores governamentais para estabelecer regulamentos de segurança mundialmente. Decidindo assuntos relacionados com a segurança publica para a emissão de padrões de segurança como cintos de segurança que iriam afectar condutores e passageiros por todo o mundo, as reuniões, privadas, em Genebra, procuravam assim derrubar as barreiras de trocas e negociações comerciais tentando harmonizar os regulamentos de produtos vendidos por todo o mundo. Jeff Gerth menciona que em 1997 o Codex Alimentarius rejeitou os esforços dos Estados Unidos para cortar em metade os níveis aceitáveis de ferro na agua mineral e para exigir que produtos diários tenham que ser pasteurizados. O autor adiciona ainda que membros da OMS como os Estados Unidos podem teoricamente manter os seus padrões mais elevados mas que esses padrões seriam difíceis de serem defendidos em painéis internacionais contra uma queixa de outro pais de que eles representam uma barreira a importações, que segundo o autor, existem precedentes legais.


Em 1995 o Codex Alimentarius tomou a decisão de estabelecer limites máximos de resíduos para as hormonas de carne. Essa decisão foi tomada, por voto secreto, a pedido do representante dos Estados Unidos. Franz Fischler, comissário da Agricultura e Desenvolvimento Rural, denunciou esta votação afirmando que dado que as normas e limites estabelecidos pelo Codex podem ter influência na qualidade dos alimentos consumidos, é evidente que o consumidor deve ter conhecimento das razões que servem de base à tomada de decisões. Este surge como outro claro exemplo das reuniões privadas que visam a regulação de produtos vendidos por todo o Mundo, mencionado por Jeff Gerth.


Dados estes factos surge a necessidade de se questionar se apesar dos padrões de referência do Codex Alimentarius serem voluntários e não mandatários, dado o reconhecimento do Codex Alimentarius pela OMC, qualquer país está condicionado a seguir estes regulamentos devido às dificuldades em defender outros padrões de referência perante qualquer organização ou país contra acusações de criação de barreiras comerciais; e se estes padrões de referência serão mesmo os padrões de referência ideais para se harmonizar em busca de reduzir barreiras em trocas comerciais, remetendo ainda para o argumento mencionado por Jeff Garth de que sendo estes regulamentos decididos em lugares cada vez menos abertos ou acessíveis internacionalmente senão implica que as preocupações com segurança iram ser diminuídas. É exactamente isto que procuramos de seguida analisar.


Uma das medidas de segurança alimentar presente no Codex Alimentarius é o processo de irradiação de comida. O processo de irradiação de comida baseia-se na exposição de comida a radiação de forma a destruir microrganismos, bactérias, vírus ou insectos que possam estar presentes na comida. Este processo é permitido em mais de 40 países e o volume da comida tratada por este processo estima-se que exceda 500.00 toneladas anualmente por todo o mundo. Em 2003, quando o Codex Alimentarius planeava remover qualquer limite de dosagem máxima de irradiação de comida, O Scientific Committee on Food (SCF) tomou a opinião de que uma revisão era necessária e estudos individuais às doses alvo eram essenciais. Tal opinião rejeitou o pedido do Codex. O SCF foi posteriormente substituído pela European Food Safery Authority (EFSA) que ainda não tomou qualquer decisão relativamente ao processo de radiação de comida. Desta forma, países como o Brasil e Paquistão adoptaram os padrões do Codex Alimentarius de irradiação de comida sem reservas ou restrições podendo qualquer alimento ser irradiado a qualquer dose. As criticas a este processo foram apresentadas no artigo “What’s Wrong With Food Irradiation?” de 2001 da Organic Consumers Association , estas baseiam-se nos argumentos de que o uso de irradiação na comida danifica a qualidade desta, de que a ciência ainda não provou que uma dieta de produtos irradiados é seguro para a saúde humana, que a irradiação cobre os problemas que as empresas produtoras deviam resolver, que a irradiação usando materiais radioactivos é um perigo ambiental entre outros.


Em 1995 ocorreu a Convenção sobre Poluentes Orgânicos Persistentes que foi reunida e negociada a abrigo do Programa Ambiental das Nações Unidas (UNEP), teve como objectivo uma melhor gestão, eliminação e procura de melhores alternativas aos Poluentes Orgânicos Persistentes (POPs). A convenção focou-se principalmente em 12 POPs prioritários (Também denominados por dirty dozen sendo constituídos por aldrin, chlordane, DDT, dieldrin, endrin, heptachlor, hexachlorobenzene, mirex, polychlorinated biphenyls, polychlorinated dibenzo-p-dioxins, polychlorinated dibenzofurans, e toxaphene.) foi assinada por 100 países defendendo sete resoluções entre elas a eliminação dos POPs intencionalmente, existentes e futuros, com excepção do DDT, sendo autorizado o seu fabrico apenas para controlo de insectos transmissores de doenças (Malária). Com este facto em vista, uma análise aos padrões de referência em segurança alimentar do Codex Alimentarius apresenta a presença resíduos de pesticidas POPs como Aldrin/Dieldrin (Segundo o estudo “Intoxicação Aguda por Aldrin: Relação dos níveis séricos com efeitos tóxicos no Homem” publicado na revista de saúde publica de S.Paulo em 1990 o Aldrin após a absorção, sofre rápida metabolização hepática, transformando-se em Dieldrin, que é mais tóxico devido à sua lipossolubilidade, deposita-se no tecido adiposo humano. Em doses de 0,0332 mg/kg/dia por longos períodos de tempo foi descoberto que pode causar sinais e sintomas de intoxicação convulsiva ou não convulsiva em algumas pessoas.) e Clordane (Segundo o depoimento público de saúde em Maio de 1994 da Agency for Toxic Substances and Disease Registry afirma que as ligações entre saúde nos humanos e chlordane ocorrem no sistema nervoso, no sistema digestivo e fígado. Afirmam ainda que se ingerido em grandes doses pode levar a convulsões ou mesmo morte.), entre outros em produtos como leite ou ovos em doses elevadas. Com esta presença torna-se imediatamente necessário questionar as motivações da comissão do Codex Alimentarius em termos de segurança do consumidor tal como se estes são os padrões de referência ideais ou não no objectivo de harmonizar estes mesmos padrões numa tentativa de facilitar as trocas comerciais e livre circulação de alimentos.

O Codex Alimentarius já se encontra implementado em Portugal segundo o Decreto-Lei n.º 106/2005, de 29 de Junho, que fixa as características a que devem obedecer as gorduras e óleos vegetais destinados à alimentação humana e as condições a observar na sua obtenção ou tratamento, bem como as regras da sua comercialização e revoga a Portaria n.º 928/98, de 23 de Outubro. Com isto pretende-se adaptar a legislação nacional às constantes alterações a que estão sujeitas as características gerais e específicas das gorduras e dos óleos vegetais e que consistem na reprodução das modificações introduzidas nas tabelas da Norma Codex Standard 2010, adoptada internacionalmente no âmbito do Codex Alimentarius. Assim, com as alterações agora aprovadas, as características gerais e específicas das gorduras e óleos vegetais passam a ser fixadas por remissão para a Norma Codex Standard 2010.


Com a crise financeira a atingir uma grande maioria dos países mundiais torna-se imperativo facilitar as trocas comerciais na OMC de forma a acelerar todo o processo. Parece ser necessário questionar se para tal acontecer é igualmente necessário uniformizar-se as normas de segurança alimentar usando os padrões do Codex Alimentarius, padrões estes que são questionáveis e que têm criado muita polémica. Em 2005 a Dra. Rima Laibow, fez uma apresentação na Associação Nacional de Profissionais de Nutrição, na sua apresentação esta apontou que o Codex vai trazer severas restrições em liberdade de escolha em termos de alimentação e prevenção/tratamento de doenças. A Dra. Rima Laibow apresenta ainda uma síntese do que representará a complexa rede de regulamentações. Desde Suplementos nutricionais, como vitaminas, por exemplo, não poderem ser vendidos para uso profilático ou curativo de doenças; e somente as empresas farmacêuticas terão autorização para produzir e vender suplementos alimentares (preferencialmente na sua forma sintéticas) no caso da vitamina C, por exemplo, qualquer medida de 200mg será considerada "alta", e será necessária uma receita médica para se poder comprá-la; até aos produtos "orgânicos" e ao facto de que estes estarão completamente descaracterizados, pois o seu padrão de pureza será reduzido a níveis passíveis de atender às necessidades de produção em grande escala; alguns aditivos químicos e várias formas de processamento serão permitidos; não haverá obrigatoriedade por parte do produtor de informar que produtos usou e em que quantidades.


Apesar de toda a polémica em redor deste assunto actualmente, assiste-se a uma reduzida participação dos meios de comunicação neste assunto, o que torna este artigo além de uma reflexão e análise do assunto igualmente uma tentativa de informar os consumidores de como são as regulações de segurança alimentar e dos processos que essa regulamentação implica com o objectivo de promover uma movimentação activa e vigilante na manutenção e melhoria da saúde alimentar em Portugal.



Com este objectivo em vista deixo aqui também o link de uma petição criada contra este movimento:

Petição "Perigo-Codex Alimentarius" - Clique aqui para visualizar



http://auctoritas-potestas.blogspot.com/2010/05/codex-alimentarius.html

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado por conspiratio às 12:51





mais sobre mim

foto do autor


pesquisar

Pesquisar no Blog  

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

calendário

Agosto 2011

D S T Q Q S S
123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031

arquivos

2011